Bolsas

Câmbio

Investidora milionária em imóveis revela como faz para lucrar no mercado imobiliário

SÃO PAULO – São diversas as oportunidades e as formas de se investir no mercado imobiliário, que variam do aluguel de apartamentos, por exemplo, até a locação de lojas em shopping centers. É importante, porém, estabelecer objetivos claros e bem definidos para investir da forma mais adequada ao seu perfil de risco, assim como, para estar de acordo com suas metas a longo prazo. Além disso, é preciso estar atento a possíveis fatores que possam interferir negativamente na retirada de seus dividendos.

Para ajudar o investidor a escolher a melhor opção dentro do mercado imobiliário, Elizabeth Colgrove, que investe em imóveis há cinco anos e vive da renda que os aluguéis lhe proporciona, escreveu para o Business Insider sete perguntas indispensáveis que devem ser feitas antes de alocar dinheiro no setor:

1- Por qual tipo de propriedade você quer começar a investir?

Há diversos tipos de propriedades para você investir no mercado imobiliário. Você pode optar por fundos de desenvolvimento imobiliário, fundos de renda como shoppings centers, galpões industriais e casas para aluguel, assim como, apostar na compra e venda de imóveis. Elizabeth, por exemplo, optou desde o início por propriedades familiares. "Neste nicho você pode começar com a sua propriedade, o que significa que você pode morar no imóvel primeiro e depois aluga-lo quando se mudar para outro lugar", escreve. E completa: "O mercado imobiliário é um ótimo investimento, pois ele se adapta aos seus objetivos e à sua oferta de recursos".

2- Você quer investir localmente ou está disposto a apostar em investimentos a distância?

Investir localmente permite que você cheque as suas propriedades com maior facilidade e regularidade, estando presente caso surja alguma emergência, por exemplo. Estar mais próximo do seu imóvel também torna a administração e supervisão mais viável. Investir em um local mais distante, por outro lado, permite que você aplique seu dinheiro onde o mercado esteja mais valorizado e seja mais rentável.

3- Você quer um grande fluxo de caixa ou a valorização de seu capital?

Em alguns mercados, como o da Califórnia e o de Nova York, a apreciação de capital pode ser antecipada pelo proprietário, devido à constante demanda por imóveis na região. Em pequenas cidades do Texas, por outro lado, os imóveis são mais baratos e dão ao investidor grandes retornos, mas o potencial de valorização é praticamente nulo. Em outras palavras, quando você decidir vender a propriedade, a quantia recebida será igual ao valor pago inicialmente.

4- Você quer investir em áreas mais calmas ou em regiões mais movimentadas?

O segredo para um aluguel de sucesso é encontrar um imóvel em uma boa região, que alugue rapidamente e que atraia inquilinos que paguem as contas em dia. Desta maneira, algumas perguntas precisam ser respondidas: Você está procurando por casais jovens sem filhos ou famílias novas? Há uma grande quantidade de interessados nestas características na região? Busque uma propriedade que se encaixe no perfil escolhido e em uma região que os interessados estejam dispostos a pagar pelo quanto você quer cobrar.

5- Você vai pagar de uma única vez ou pretende financiar?

Por mais que pagar em dinheiro seja uma ótima escolha, pois você fica sem dívidas, financiar permite que você compre uma propriedade maior ou então, que invista em mais de um imóvel, já que não precisa do capital total disponível no momento. É importante, porém, que o investidor fique esperto com os juros, taxas e tenha uma garantia de que conseguirá quitar as dívidas no futuro. É válido ainda, lembrar que quanto mais casas, maiores serão as despesas, inquilinos e possíveis problemas para ter que lidar.

6- O imóvel que você vai comprar será novo ou antigo?

Elizabeth conta que na compra de imóveis para aluguel, as despesas são geralmente subestimadas, enquanto a renda, superestimada. Torna-se indispensável, dessa forma, a checagem de valores para determinar se o investimento está valendo a pena ou se está somente causando prejuízos. Quais são os reparos que você pretende fazer no imóvel durante o seu tempo como proprietário? Os gastos justificam os seus dividendos?

"Nós compramos casas novas ou recém-reformadas para evitarmos que os gastos com reparos extrapolem nosso orçamento. Mesmo assim, não importa a casa que compramos, sempre fazemos uma inspeção prévia para termos ideia do que precisa ser ajustado", conta a investidora.

7- Por quanto tempo você está planejando em manter o imóvel?

Pois mais 'concreto' que seja o investimento no mercado imobiliário, você deve pensar no dia em que irá colocá-lo à venda ou então, se será destinado para a herança da família. Você está planejando manter a casa pelos próximos 20 anos ou até você conseguir se aposentar? Você pensa em se aproveitar de valorizações do mercado para lucrar na venda? Qual são os seus planos e objetivos para com os imóveis?

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos