PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

FII VINO11 compra edifícios no Rio por R$ 100 mi; Cap rate de 7,6%, R$ 0,10/cota

12/12/2019 19h05

O FII Vinci Offices comprou participações em dois edifícios nos Rio de Janeiro por R$ 100,76 milhões. A estimativa é de um cap rate de 7,6%.

O fundo imobiliário adquiriu 34,4% do prédio "BM 366" a Avenida Bartolomeu Mitre, 366, no Leblon. O fundo já detinha o restante do imóvel e passa a ser dono de 100% do empreendimento. A operação ocorreu com a compra de SPE que detinha o negócio e, como parte das negociações, o FII Vinci Offices assume uma operação estruturada de securitização, cujo saldo devedor é de R$ 34,1 mi, com vencimento em 2025. O custo é de TR + 9,2% a.a..

O edifício possui 10 pavimentos e 4.916 m² de área BOMA e é o único empreendimento assinado pelo arquiteto Richard Meier no Brasil. O prédio é alugado à própria Vinci Partners (80%), a seguradora Austral (15%) e os 5% restantes ficam com a TGB, do ramo de empreendimentos imobiliário.

O FII também comprou 70% do BMA Corporate, no Largo do Ibam,1, no Humaitá. O fundo também assume dívida de R$ 23,5 mi, que quitará nos próximos dias.

O prédio possui 9 pavimentos com 8.264 m² de área BOMA e está 66% alugado para o escritório de advocacia BMA e 30% para a casa de saúde São José. 4% encontra desalugado.

As operações deverão gerar um rendimento mensal de R$ 0,10 por cota, NOI de R$ 12,1 milhões em 12 meses.

As aquisições ocorreram com utilização da totalidade dos recursos da 4ª emissão de cotas, encerrada em 22 de novembro.

O Vinci Offices FII (SA:VINO11) possui 5 imóveis com área total de 26,5 mil m², dos quias 98,9% estão alugados a 11 locatários.