IPCA
0.13 Mai.2019
Topo

"Restrição alimentar não é a melhor receita", avalia a nutricionista Sueli Longo

Sueli Longo

2015-06-30T09:00:00

30/06/2015 09h00

RIO DE JANEIRO, 30 de junho de 2015 /PRNewswire/ -- Em meio a esse boom de dietas e receitas milagrosas para emagrecer em tempo recorde, a nutricionista Sueli Longo alerta que as mudanças de comportamento alimentar são mais eficazes, embora necessitem de tempo para serem incorporadas como hábito. "A palavra dieta pressupõe restrição, que não é a melhor receita", explica.

De acordo com Sueli, não existem "vilões" em um processo de reeducação alimentar. Todos os alimentos e bebidas podem fazer parte de uma dieta em quantidade e frequência adequada ao estilo de vida de cada pessoa. "Não existe uma dieta ideal, mas, sim, a necessidade de escolher alimentos e bebidas indicados para compor o cardápio diário, associado à prática de exercício físico regular", defende.

"O correto é administrar todos os fatores de risco que podem ser modificados para ter não só um peso adequado, mas uma vida mais saudável", defende. A dica da nutricionista é sempre buscar informações seguras e confiáveis, além de ter o acompanhamento de um profissional de nutrição e "jamais acreditar em milagres".

Para a nutricionista, a falta de tempo nem sempre é uma justificativa para a omissão de hábitos saudáveis. É possível aproveitar situações recorrentes no dia a dia. "Na hora da compra, é importante equilibrar as escolhas alimentares, sem radicalizar. A dica é pesquisar, experimentar coisas novas e escolher uma variedade mais adequada ao balanço energético da família", diz.

No caso da obesidade, Sueli é enfática ao reforçar que, em primeiro lugar, é necessária uma mudança de comportamento. "Além disso, é importante adotar hábitos adequados que equilibrem alimentação e atividade física regular, porém sempre tendo a consciência de que cada organismo leva um tempo para alcançar melhorias em sua condição de saúde", recomenda.

Contato: (21) 98283-2452

FONTE Sueli Longo

Mais Economia