Bolsas

Câmbio

Modelo de negócios inovador foi destaque durante LIKE THE FUTURE

LIKE THE FUTURE

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

SÃO PAULO, 24 de agosto de 2016 /PRNewswire/ -- A 1ª edição do LIKE THE FUTURE, promovido pelo LIDE FUTURO, reuniu os presidentes Charles Martins (Mundo Verde); Pedro Bueno (laboratórios DASA) e Ronaldo Pereira (Óticas Carol), para um painel sobre O impacto de lideranças jovens em negócios bem sucedidos, ontem (23), em São Paulo.

"Quando eu falo em lançar um aplicativo ou aprimorar o e-commerce na empresa, nossos franqueados com idades entre 40 e 50 anos ficam apreensivos, achando que vamos acabar com o negócio deles", disse Charles Martins, presidente da Mundo Verde, ao explicar sobre a implantação de ferramentas mais tecnológicas na empresa.

O executivo lembrou que muitos gestores preferem se manter conservadores, ao citar suas experiências administrativas envolvendo a empresa. "É preciso experimentar, mas experimentar é agir". Sobre o seu modelo de gestão, Martins disse que uma das suas marcas registradas é agilidade. "Não marcamos reunião para discutir, marcamos para decidir."

Para Pedro Bueno, presidente dos laboratórios Dasa, a implantação da cultura de inovação foi uma das prioridades em seu modelo de negócios. Ao assumir a empresa, o jovem empresário criou incentivos, programas de sócios e surpreendeu ao revolucionar o sistema de metas. "O papel de um líder é muito simples. Você precisar implantar um ambiente inspirador, definir um time campeão e desenhar uma cultura eficiente."

Ao ser questionado sobre as diferenças entre lideranças jovens e mais experientes, Pedro Bueno foi claro. "Um CEO jovem é igual a um CEO mais velho. A única diferença está na experiência, por isso ressalto a importância de um time excelente para compensar".

Ronaldo Pereira, presidente da Óticas Carol, contou que passou 90 dias em imersão ao lado do fundador da empresa, tudo para entender a fundo o DNA deles. "Foi um grande desafio, mas conseguimos, com muito trabalho, caminhar para um crescimento constante e consistente".

A única rede de óticas brasileira com laboratório digital próprio é também detentora de um modelo de negócios baseado em franquias que, segundo Pereira, é uma arte. "Você exerce a liderança pelo exemplo e convencimento, e não pela imposição", disse o executivo.

Pereira também citou o projeto "Pequenos Olhares", programa que disponibiliza a todas as crianças do ensino público brasileiro acesso a óculos de grau. "Hoje, oito em cada dez crianças nunca foram ao oftalmologista. Além disso, cerca de 30% dessas crianças tem algum problema de visão, por isso todos os funcionários da Óticas Carol abraçaram essa causa", explicou.

O LIKE THE FUTURE contou com o patrocínio da GYMPASS, HOLDEN e VITACON, e apoio da TAQUERAY e VILLA BISUTTI. Como fornecedores oficiais estavam CADÔ PRESENTES, CASA DO DAMASCO, CRIS NEVES, ECCAPLAN, FLUX, GRUPO GODOY, IN EVENT, IT MODEL, LABO CHOCOLATES, MAFOZ CARRINHOS GOURMET, MARINA KHATTAR, NATURAL DA RUA, PURPLE COW, SLOW BREW BRASIL, TOK TAKE, VERO LATTE e WE LOV CAKES. PR NEWSWIRE e as revistas LIDE e TRIP foram os mídia partners.

Mais informações:

Erica Valério – 3039-6098 – ericavalerio@grupodoria.com.br

FONTE LIKE THE FUTURE

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos