PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

OGX, de Eike Batista, tem o maior prejuízo do país; Petrobras lidera ganhos

Do UOL, em São Paulo

26/11/2012 12h01

A empresa de petróleo do bilionário Eike Batista, OGX, registrou as maiores perdas do país no 3º trimestre entre as empresas com ações na Bolsa de Valores, segundo levantamento da consultoria Economatica divulgado nesta segunda-feira (26). A empresa teve prejuízo de R$ 343,3 milhões no período.

O prejuízo da OGX (OGXP3) cresceu mais de 13 vezes em relação ao mesmo período de 2011. A empresa está em fase inicial de produção de petróleo. 

As empresas do bilionário Eike Batista acumulam neste ano um prejuízo 64% maior do que no mesmo período do ano passado, chegando a R$ 1,67 bilhão. De janeiro a setembro de 2011, as empresas de Eike com ações na Bolsa tiveram perdas de R$ 1,02 bilhão.

O grupo EBX, que controla as empresas de Eike, afirma que está em fase de investimento, da ordem de US$ 15,7 bilhões em dois anos.

Gol tem 2º pior resultado

A empresa aérea Gol teve o segundo pior resultado no 3º trimestre, com perdas de R$ 309 milhões. Entre os priores resultados aparecem ainda: Celpa (- R$ 233 milhões), Amil (- R$ 224 milhões) e Fibria (- R$ 215 milhões).

Petrobras lidera entre os maiores ganhos

Ainda segundo a Economatica, a empresa mais lucrativa do país foi a Petrobras, com ganhos de R$ 5,56 bilhões. O setor de Petróleo e Gás foi o segundo mais lucrativo da Bolsa, ficando atrás apenas dos bancos (que ganharam R$ 11 bi).

O banco Itaú teve o segundo maior resultado entre as empresas brasileira com ações na Bolsa de Valores, com lucro de R$ 3,4 bi no 3º trimestre.

A mineradora Vale registrou o terceiro melhor resultado do país, com ganhos de R$ 3,3 bilhões.