PUBLICIDADE
IPCA
1,15 Dez.2019
Topo

Procon-SP multa loja virtual Dafiti em R$ 344 mil por falhas no atendimento

Do UOL, em São Paulo

31/07/2014 11h32

O Procon de São Paulo multou a loja virtual de sapatos, bolsas e roupas Dafiti em R$ 344,3 mil por descumprir direitos dos consumidores.

A não entrega de produtos no prazo, a dificuldade de acesso à empresa, a falta de atualização da situação do pedido e a venda de produtos que não constavam em estoque foram os problemas que geraram a multa, segundo o Procon.

A empresa credita os problemas ao processo de migração de seu sistema operacional. 

O órgão também autuou a Dafiti por prática abusiva com relação à política de trocas e devoluções da empresa. A loja virtual estipula a troca ou a devolução do produto sem uso em até 30 dias após o recebimento.

Por lei, o consumidor tem sete dias para devolver um produto comprado pela internet sem explicar o motivo; mas, em caso de defeito, as lojas não podem determinar prazo máximo, como faz a Dafiti.

Dafiti diz que prestou esclarecimentos

A empresa já tinha sido notificada pelo Procon-SP em 15 de julho, depois que consumidores tiveram problemas em suas compras. 

Em nota, a Dafiti diz que "prestou todos os esclarecimentos solicitados pelo Procon-SP em relação aos impactos causados pela mudança do seu sistema operacional".

"A empresa reforça que atua com transparência e trata o tema como prioridade. Também garante que o impacto ao cliente será minimizado a cada dia, a fim de reestabelecer os reconhecidos padrões de excelência do seu atendimento. A Dafiti investiu na mudança de sistema porque acredita que, quando concluída a transição, haverá um significativo aprimoramento na experiência de compra de seus clientes", afirma a empresa no comunicado.

Economia