IPCA
-0.04 Set.2019
Topo

Eike vai transferir fatia de 10,52% de mineradora para fundo de Abu Dhabi

Do UOL, em São Paulo

04/08/2014 19h00Atualizada em 05/08/2014 09h16

O empresário Eike Batista assinou acordo para transferir uma participação de 10,52% das ações da companhia MMX (MMXM3, MMXM11) para a Mubadala, fundo estatal de Abu Dhabi. A informação foi divulgada pela mineradora nesta segunda-feira (4), em comunicado ao mercado.

A transferência faz parte da reestruturação do investimento do fundo árabe no grupo EBX, de Eike Batista, que enfrenta uma série crise financeira e de confiança.

Com a transferência, Eike deve perder controle absoluto da companhia, com redução de sua participação dos quais 59,3% para pouco menos de 49%. 

Segundo a MMX, a participação equivale a 17.065.162 ações ordinárias (que dão direito a voto). Os papéis da companhia encerraram esta segunda-feira cotados a R$ 1,43.

A expectativa é que a transferência das ações seja concluída ainda no terceiro trimestre, informou a MMX. S

Atualmente, o Mubadala concentra os investimentos soberanos de Abu Dhabi, um dos emirados que formam os Emirados Árabes Unidos -junto com outros seis, dos quais o mais famoso é Dubai. O emirado do Mubadala, porém, representa mais de 50% do país, e é considerado o mais rico. Nesse contexto, o Mubadala surgiu em 2002, como forma de diversificar a economia do emirado. 

O Mubadala já é sócio da MMX no projeto do Porto do Sudeste. O controle do projeto, o mais promissor da companhia, foi vendido para um consórcio formado pelo fundo árabe e a operadora de portos holandesa Trafigura, por US$ 400 milhões, em meados do ano passado. A MMX ficou com 35% do empreendimento.

(Com agências de notícias)

A derrocada de Eike Batista

Confira como foi o ano de 2013 para o empresário, com perdas na credibilidade, piadas nas redes sociais e pedido de recuperação judicial de sua OGX

Clique para ver

 

Mais Economia