Bolsas

Câmbio

Taxa de juros para pessoas e empresas atinge pico em 2 anos, diz Anefac

Do UOL, em São Paulo

As taxas de juros das operações de crédito subiram novamente em julho, pelo 14º mês seguido, de acordo com dados da associação de executivos de finanças, a Anefac.

A taxa média para pessoa física subiu 0,02 ponto percentual no mês (0,46 ponto percentual no ano), o que equivale a um avanço de 0,33% no mês (0,45% em 12 meses) passando de 6,03% ao mês (101,9% ao ano) em junho para 6,05% ao mês (102,36% ao ano) em julho, a maior desde julho de 2012.

Já a taxa média para empresas avançou 0,01 ponto percentual no mês (0,17 ponto percentual em 12 meses) ou alta de 0,29% no mês (0,34% em doze meses), evoluindo de 3,44% ao mês (50,06% ao ano) em junho, para 3,45% ao mês (50,23% ao ano) em julho, também o pico em 24 meses.

A alta se deve a um pior "cenário econômico nacional com expectativa de piora nos índices de inflação e crescimento econômico, o que aumenta o risco de crédito (expectativa de aumento nos índices de inadimplência)", de acordo com o diretor executivo de Pesquisa e Estudos Econômicos, Miguel José Ribeiro de Oliveira.

De acordo com Oliveira, estes fatores têm levado os bancos a elevarem suas taxas de juros acima das elevações da Selic, a taxa básica de juros que é definida pelo Banco Central e usada como referência pelas instituições financeiras.

Pessoa física

Das seis linhas de crédito pesquisadas três tiveram suas taxas de juros elevadas no mês: juros do comércio (que subiu para 4,66%), CDC (financiamento de automóveis, que avançou para 1,83%) e cheque especial (que ficou em 8,34%).

Outras duas tiveram suas taxas de juros mantidas: rotativo do cartão de crédito (10,7%) e empréstimo pessoal em bancos (3,45%). Apenas uma teve a taxa de juros reduzida: empréstimo pessoal em outras instituições financeiras, que caiu para 7,31%.

Pessoa jurídica

Das três linhas de crédito pesquisadas, uma foi reduzida (conta garantida, que caiu para 5,92%); e duas foram elevadas: desconto de duplicatas (que subiu para 2,45%) e capital de giro (que avançou para 2,54%).

(Com Reuters)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos