Bolsas

Câmbio

Com os R$ 2 tri que pagou em imposto, brasileiro compraria a Bolsa inteira

  • Arte/UOL

Com o dinheiro que os brasileiros pagaram em impostos em 2015, seria possível comprar todas as ações da Bolsa de Valores de São Paulo e ainda sobraria um belo troco.

Os brasileiros pagaram R$ 2 trilhões em impostos em 2015, segundo o Impostômetro, mecanismo da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) que mede todos os tributos pagos no país.

Levantamento feito pela consultoria Economatica mostra que o valor total de mercado das empresas brasileiras na Bolsa neste dia 30 de dezembro era de R$ 1,866 trilhão.

O valor de mercado é o preço de cada ação da empresa multiplicado pelo número de papéis em circulação, ou seja, representa o quanto um investidor pagaria se fosse possível comprar todas as ações da companhia.

Então, os R$ 2 trilhões de impostos comprariam todas as ações das empresas na Bolsa e sobrariam ainda R$ 134 bilhões.

Segundo a Associação Comercial, esta foi a primeira vez que o Impostômetro atingiu R$ 2 trilhões em um ano. Em 2014, o Brasil arrecadou R$ 1,95 trilhão em impostos.

A ferramenta soma todos os impostos cobrados por União, Estados e municípios. De acordo com a Associação Comercial, com o dinheiro seria possível construir mais de 57,1 milhões de casas populares de 40 metros quadrados, por exemplo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos