Bolsas

Câmbio

Ouça o Giro UOL Economia com os destaques desta sexta, 22 de abril

Alexander Vestri

Do UOL, em São Paulo

Mercado financeiro

A Bolsa fechou em baixa de 1,36%, com 52.907,88 pontos. Na semana, a Bovespa acumula desvalorização de 0,6%. O tombo de hoje foi puxado, principalmente, pelo desempenho negativo da Vale, que despencou quase 11%.

O dólar fechou em alta de 1,07%, cotado em R$ 3,57, com ação do Banco Central no mercado de câmbio e em dia de poucos negócios, por causa do feriado da véspera.

Leia mais



Baixas na carteira

O Brasil fechou 118.776 vagas com carteira assinada em março, mais do que em fevereiro, quando o país perdeu 104.582 empregos formais. Os dados fazem parte do Caged e foram divulgados pelo Ministério do Trabalho.

Esse é o pior resultado para o mês de março em 24 anos, desde 1992, quando a pesquisa começou a ser feita. É também o 12º mês seguido em que o país perdeu vagas de trabalho. No acumulado do primeiro trimestre, já são cerca de 319 mil empregos a menos no país.

Leia mais



Quem paga é o consumidor

A conta de luz deve ficar mais cara no ano que vem. Isso porque o governo federal deve indenizações bilionárias às empresas de transmissão de energia, como a Cteep e subsidiárias da estatal Eletrobras. Essa história começou em 2012, quando o governo criou um pacote de medidas para reduzir a conta de luz. Essa medida era um pedido da indústria brasileira para se tornar mais competitiva em meio à crise global.

Para, o governo precisou encerrar contratos que estavam em vigor e renová-los. Para conseguir fechar acordo com algumas empresas, como a Cteep, que é a maior companhia privada do segmento, a União prometeu pagar indenizações pelos investimentos que já tinham sido feitos nas linhas de energia e que não tinham sido pagos ainda. E o dinheiro para pagar essa conta vai vir dos consumidores, por meio de reajustes na conta de luz em 2017. Esse processo pode levar oito anos.

Leia mais



Petrobras pisa no freio

A Petrobras pisou forte no freio neste início de 2016. O investimento da estatal no primeiro bimestre ficou em R$ 9,137 bilhões, o menor valor desde 2008. Os dados são da ONG Contas Abertas. Essa retração tem impactos na economia como um todo e na indústria do petróleo, em particular.

A queda dos investimentos é resultado do plano de resgate financeiro da empresa. Em um ano, a Petrobras já anunciou três cortes no orçamento. O último foi anunciado em janeiro, e reduziu a estimativa de gastos no plano de negócios para o período 2015 a 2019 para US$ 98,4 bilhões, ou seja, US$ 32 bilhões a menos do que a projeção anterior.

Leia mais



De olho na atividade econômica

O IBC-Br, Índice de Atividade Econômica do Banco Central, caiu 0,29% em fevereiro em relação a janeiro. A comparação é feita já descontando as diferenças sazonais.

Foi a 14ª queda seguida do índice, que é considerado uma prévia informal do PIB.  Na comparação com fevereiro de 2015, o recuo foi de 4,54%. No acumulado de 12 meses até fevereiro, o índice registra um tombo de 4,63% na atividade econômica.

Leia mais



Contagem regressiva

Você já declarou o Imposto de Renda deste ano? O prazo termina no dia 29 de abril, ou seja, só falta uma semana. Se a declaração for entregue com atraso, o contribuinte vai ter que pagar multa de 1% ao mês calculado a partir do imposto devido. O valor mínimo é de R$ 165,74, e o máximo é de 20% do imposto devido.

E fica o alerta. Se deixar para a última hora, existe o risco de a página da Receita congestionar e não conseguir entregar o documento.

Leia mais



O Leão vai atrás

E por falar em Imposto de Renda, a Receita Federal já identificou 9.319 pessoas físicas que fraudaram a declaração com informações sobre falsas despesas com empregadas domésticas desde 2013.

Com as fraudes já identificadas, a expectativa é arrecadar R$ 12 milhões em multas. A Receita vai fiscalizar 285,3 mil pessoas neste ano por conta de irregularidades na declaração do Imposto de Renda.

Leia mais



Agenda

Na segunda-feira, a FGV vai divulgar Índice de Preços ao Consumidor Semanal, o IPC(S), referente à terceira quadrissemana de abril.

O Ministério do Desenvolvimento apresenta o resultado da balança comercial, que é a relação entre as importações e exportações do país.

O Banco Central divulga o relatório Focus, que ajuda o mercado a traçar projeções para a economia brasileira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos