Bolsas

Câmbio

Bancos lideram queda de lucro entre empresas na Bolsa, diz consultoria

Do UOL, em São Paulo

O lucro de 312 empresas com ações na Bolsa brasileira somou R$ 32,696 bilhões no segundo trimestre de 2016. O resultado é 24% menor do que o registrado no mesmo período de 2015: R$ 43 bilhões. O setor bancário apresentou a maior queda nominal (em reais). 

Os dados fazem parte de um levantamento da consultoria Economatica divulgado nesta terça-feira (16), com as companhias que já divulgaram o balanço, exceto a Eletrobras (leia mais abaixo).

Bancos tiveram maior queda

Entre os setores analisados, o bancário foi o que teve maior queda na lucratividade no período, de acordo com a consultoria.

No segundo trimestre do ano passado, 24 bancos registraram R$ 19,2 bilhões de lucro contra R$ 15,1 bilhões no ano de 2016, queda de R$ 4,1 bilhões ou cerca de 21%.

O setor foi impactado principalmente pela queda do lucro do Santander, que caiu quase R$ 2,54 bilhões entre 2015 e 2016. O lucro do banco no segundo trimestre de 2015 foi de R$ 3,88 bilhões, contra R$ 1,34 bilhão no mesmo período deste ano.

Eletrobras ficou de fora

A amostra utilizada pela Economatica não considerou o resultado da Eletrobras "devido ao elevado valor registrado pela empresa e que distorce o valor consolidado de todas as empresas analisadas".

Considerando a companhia, o resultado das empresas registra crescimento de R$ 3,77 bilhões no segundo trimestre de 2016 com relação ao mesmo período de 2015. No ano passado, as 313 empresas (considerando a Eletrobras) tiveram lucro de R$ 41,64 bilhões, contra R$ 45,41 bilhões no segundo trimestre deste ano.

Presidente da Latam comenta venda de 10% da empresa

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos