Bolsas

Câmbio

Ação de marketing coloca chope Brahma no Pinguim pela 1ª vez em 81 anos

Eduardo Schiavoni

Colaboração para o UOL, em Ribeirão Preto (SP)

  • Divulgação

Uma ação de marketing conseguiu quebrar uma tradição de mais de 80 anos. O Pinguim, famosa choperia de Ribeirão Preto (313 quilômetros de São Paulo) e conhecida por servir chope da Antarctica, passou a oferecer aos clientes a bebida da "concorrente" Brahma.

A ação faz parte de uma parceria entre a choperia e a fabricante de bebidas para promover a Festa do Peão de Barretos, principal evento do gênero no país. O chope da Brahma estará disponível apenas nas duas unidades da rede em Ribeirão Preto e ficará no cardápio por tempo limitado: desta quinta-feira (17) até 27 de agosto, período em que acontece a festa do peão.

Durante esse período, será vendido tanto o chope da Brahma como o da Antarctica, bem como da Colorado, marca local incluída no cardápio em maio. As três marcas pertencem à mesma fabricante, a Ambev.

Parceria virou lenda: serpentina subterrânea

Divulgação
Foto de arquivo mostra fachada da choperia com letreiro da Antarctica

A relação entre Pinguim e Antarctica vem de longa data. O Pinguim, aberto em 1936, e a antiga fábrica da Antarctica, fundada em 1911, tornaram Ribeirão Preto conhecida como "capital do chope".

Considerado de muito boa qualidade, o chope deu origem a uma lenda: de que havia uma tubulação subterrânea, uma espécie de serpentina gigante, ligando a fábrica diretamente à choperia --uma distância de cerca de um quilômetro.

Mil litros de chope por dia

Divulgação

Somente nas duas unidades do Pinguim em Ribeirão Preto (SP), o consumo médio de chope é de mil litros por dia. O preço médio da bebida é de R$ 8.

A ação "não trará impacto nas vendas nem irá alterar a rotina de trabalho do Pinguim", segundo José Paulo Tonetta Ferreira, dono da choperia. "Não muda nada na minha rotina de comercialização, será apenas mais uma opção. Também não acho que haverá um giro grande, é mais uma ação de marketing deles."

Sem dinheiro na parceria

Tanto a Ambev quanto o Pinguim informaram que a ação não envolveu dinheiro. Ferreira diz que "pode ser" que receba, sem custo, parte do chope que vender. "Eles ainda não fecharam a questão, mas não vou receber nada de dinheiro."

A Brahma diz que espera bons resultados de vendas, mas não quis fornecer números. "Focamos a nossa campanha na ideia de transformar Barretos na capital do Brasil durante a festa. Procuramos apoiadores relevantes para apoiar essa ideia", diz Helena Isaac, gerente da empresa.

Por tempo limitado mesmo?

Divulgação
Fachada da choperia no centro de Ribeirão Preto

A reportagem ouviu alguns clientes e a maior parte disse preferir que a tradicional choperia continue com o chope Antarctica.

"É tradicional, né? Eles até colocaram o da Colorado, que é daqui de Ribeirão, mas todo mundo liga o Pinguim com o chope Antarctica", diz Marcílio Vittori.

Outro cliente, Wolfgang Pistori, diz que a nova opção não deve ter grande apelo junto aos consumidores. "Acho que não vai ter muita saída. Quem vai ao Pinguim continuará a beber o chope tradicional."

José Paulo Tonetta Ferreira, dono da choperia, diz que aceitou participar da ação de marketing, mas que não pretende continuar com a venda da marca depois. "É uma coisa bem específica, não há essa possibilidade."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos