Bolsas

Câmbio

Juros

Calotes no cartão de crédito atingem menor nível em 7 anos, diz associação

Téo Takar

Colaboração para o UOL, em São Paulo

A inadimplência dos consumidores no cartão de crédito atingiu o menor nível em sete anos, segundo levantamento da Abecs (Associação das Empresas de Cartões), com base nos dados do BC (Banco Central), divulgado nesta terça-feira (30).

Os atrasos no pagamento do cartão caíram para 6,2% em dezembro, menor patamar da série histórica do BC, iniciada em março de 2011. Um ano antes, em dezembro de 2016, os calotes estavam em 7,7%.

Segundo a Abecs, a queda da inadimplência é consequência da mudança na regra que limitou a até 30 dias o uso do crédito rotativo. A medida entrou em vigor em abril do ano passado. A redução dos atrasos no pagamento do cartão de crédito era um dos objetivos do setor de cartões e do BC quando definiram a nova regra do rotativo.

Conforme a entidade que representa as empresas de cartões, os consumidores passaram a usar menos o rotativo após a mudança da regras e estão pagando as compras à vista. Os dados do BC mostram que, nos últimos 12 meses, houve uma queda de 20,2% no volume financeiro de operações no rotativo, enquanto o valor das compras à vista e parceladas sem juros cresceu 12% no mesmo período.

Juros do rotativo

Outro aspecto positivo foi a redução na taxa de juros do rotativo, que recuou de 15,5% ao mês em março de 2017 (antes da mudança na regra) para 9,6% ao mês em dezembro. Ainda assim, a taxa é superior ao juro do crédito parcelado (de 8,6% ao mês), que se tornou alternativa ao rotativo.

"Esses movimentos mostram que os objetivos propostos pela mudança foram atingidos e o consumidor tem aproveitado a nova regra para buscar uma alternativa de crédito mais barata e com pagamento em parcelas fixas, o que garante maior controle do orçamento", afirmou Fernando Chacon, presidente da Abecs.

Se não sabe responder a estas 5 questões, será muito difícil ficar rico

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos