Bolsas

Câmbio

Feirão da Caixa terá mais de 200 mil imóveis em 15 cidades; veja calendário

Juliana Elias

Colaboração para o UOL, em São Paulo

Começa na próxima semana a 14ª edição do Feirão da Casa Própria da Caixa Econômica Federal. Neste ano, serão oferecidos 202.793 casas e apartamentos. Do total, 179.780 imóveis são novos e 23.113, usados. A maior concentração está em São Paulo, onde serão ofertadas 64.934 unidades para venda.

O evento acontece no mês de maio, de sexta-feira a domingo, em 15 cidades diferentes. São Paulo, Salvador e Porto Alegre serão as primeiras a receberem a feira, entre 4 e 6 de maio.

É possível checar as datas, horários e endereços no site da Caixa.

Leia também:

O que levar?

A entrada é gratuita e aberta a qualquer interessado. Quem pretende fechar negócio deve levar carteira de identidade, CPF, comprovante de residência e comprovante de renda.

Para comprovar renda, quem tem emprego CLT pode apresentar a carteira de trabalho ou o holerite. Quem trabalha por conta própria pode levar a declaração do Imposto de Renda e extratos bancários dos últimos meses.

"Mesmo quem não é obrigado a fazer [a declaração do IR] pode fazer, inclusive fora do prazo, e com isso consegue comprovar o seu histórico de renda", afirmou Nelson de Souza, presidente da Caixa.

Para quem for financiar a casa própria, é possível somar a renda com outras pessoas --familiares, por exemplo. Neste caso, todos também devem apresentar a documentação completa (RG, CPF, comprovante de residência e de renda) para poder fechar o negócio durante o Feirão.

A Caixa limita a parcela do financiamento a, no máximo, 30% da renda mensal. Para uma família com renda de R$ 2.000, por exemplo, a parcela não pode passar de R$ 600. O limite que pode ser financiado é de até 80% do valor do imóvel, se for novo, ou até 70%, para usados.

Caixa espera R$ 15 bi em negócios

A maior vantagem dos feirões da Caixa, segundo o presidente da instituição, é "ter, no mesmo local, correspondentes imobiliários, construtoras, imobiliárias, incorporadoras e todos os atores que fazem a construção civil no país". Segundo ele, isso facilita a pesquisa e permite contratar o financiamento na hora. Haverá 1.600 empregados da Caixa à disposição para estes serviços, segundo o banco. 

É comum as construtoras e incorporadoras oferecerem condições especiais durante o evento, o que inclui descontos nos valores, afirmou Souza.

Com juros mais baixos neste ano, a expectativa da Caixa é realizar R$ 15 bilhões em negociações nesta edição do Feirão, batendo os R$ 13 bilhões alcançados no ano passado. A Caixa anunciou na semana passada uma redução dos juros em algumas de suas principais linhas para financiar a casa própria.

"Todas as nossas linhas habitacionais estarão disponíveis durante o Feirão e haverá opções de imóveis para baixa, média e alta renda", disse Souza. Além das linhas de mercado, a Caixa oferece condições especiais para clientes com relacionamento com o banco, com vínculo no FGTS ou que se encaixam no programa do Minha Casa, Minha Vida.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos