IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Reforma da Previdência


Nova Previdência exigirá pouco mais de cada um de nós, diz Bolsonaro

Do UOL, em São Paulo

20/02/2019 20h41

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, em rede nacional de rádio e televisão, que a proposta de reforma da Previdência enviada para o Congresso tem o objetivo de equilibrar as contas do governo, evitar a quebra do sistema e combater privilégios existentes no sistema atual de aposentadoria.

"Queremos garantir que hoje e sempre todos receberão seus benefícios em dia", disse. Bolsonaro também destacou que a "Nova Previdência", como o governo está chamando a reforma, será mais justa, sem discriminação entre classes sociais. "A Previdência será justa para todos, sem privilégios."

Bolsonaro declarou que a nova Previdência prevê que todas as pessoas sigam as mesmas regras de idade e tempo de contribuição, sejam ricos ou pobres, servidores públicos, políticos ou trabalhadores do setor privado. 

"Mas isso não ocorrerá do dia para a noite. Estão previstas regras de transição para que todos possam se adaptar ao novo modelo", afirmou o presidente, acrescentando que os direitos adquiridos serão garantidos, tanto para quem já se aposentou como para aqueles que ainda irão se aposentar.

"Os projetos seguiram hoje para o Congresso Nacional para um amplo debate, sob o comando dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre", afirmou. "Estou convicto que nós temos um pacto pelo país e que, juntos, cada com sua parcela de contribuição, mudaremos nossa história, com mais investimento, desenvolvimento e empregos."

Bolsonaro entrega proposta de reforma da Previdência

UOL Notícias

Reforma da Previdência