IPCA
0.43 Fev.2019
Topo

Principais fundos de pensão devem estender planos de previdência a parentes

Juliana Elias

Do UOL, em São Paulo

2019-03-13T14:35:34

13/03/2019 14h35

Os principais fundos de pensão do Brasil devem passar a aceitar familiares de funcionários nos planos de previdência privada. A expectativa é que mais de 50 ofereçam essa opção até o fim deste ano, segundo projeção da Abrapp (Associação das Entidades Fechadas de Previdência Complementar), que representa os mais de 270 fundos de pensão do país.

Os fundos de pensão oferecem planos de previdência privada e outros benefícios exclusivamente aos trabalhadores das empresas ou associações ligadas a eles. Funcef (da Caixa), Petros (da Petrobras) e Previ (do Banco do Brasil) são alguns dos maiores.

Essa ampliação será possível graças a uma nova modalidade de plano elaborada e lançada no final do ano passado pela Abrapp, chamada de Plano Família Setorial. O plano família permite que os produtos sejam adquiridos por parentes de até quarto grau do titular, o que abarca de cônjuge e filhos a netos e sobrinhos.

Isso permitiria que mais pessoas poupassem para ter uma renda extra na aposentadoria, além da Previdência Social.

"Temos as nossas maiores associadas engajadas nisso e nossa expectativa é que, até o final deste ano, já tenhamos mais de 50 fundos de pensão com o plano [familiar] em funcionamento", afirmou o presidente da Abrapp, Luis Ricardo Martins, em entrevista coletiva.

200 mil participantes da Previ

A Funcesp, fundação dos funcionários e aposentados das companhias energéticas do estado de São Paulo, foi a primeira a anunciar a adesão e oferta do plano familiar, no final do ano passado. A Previ, um dos maiores fundos de pensão do país, que abarca os colaboradores do Banco do Brasil, está entre as associações que, de acordo com Martins, estudam abrir a opção em breve.

"A Previ está fazendo isso, e ela alcança 200 mil pessoas", disse Martins. "Imagine que cada uma dessas 200 mil pessoas, que já participam do Previ, possam trazer um parente de terceiro grau, de quarto grau, possam trazer um cônjuge ou um filho. Nós temos condições de fomentar esse sistema muito rapidamente."

Atualmente, os fundos de pensão abarcam 2,7 milhões de trabalhadores ainda na ativa, além de 847 mil aposentados ou inativos. O número de dependentes ligados a eles passa de 3,9 milhões, segundo a Abrapp.

Fundo de pensão x previdência privada aberta

As entidades de previdência complementar fechada, nome técnico dos fundos de pensão, são geridas e voltadas exclusivamente para os trabalhadores das empresas ou associações ligadas a eles.

A previdência complementar aberta é oferecida por bancos e seguradoras comerciais, que oferecem planos de previdência e de saúde, por exemplo. Os produtos são abertos a qualquer cliente que queira adquiri-los.

Entenda a proposta de reforma da Previdência em 10 pontos

UOL Notícias

Mais Economia