IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Reforma da Previdência


Maia reafirma intenção de votar Previdência até segunda semana de julho

Guilherme Mazieiro

Do UOL, em Brasília

24/06/2019 10h28

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reafirmou que quer votar a reforma da Previdência até a segunda semana de julho. Em meio às festividades juninas, que atrai parlamentares às bases eleitorais pelo país, e próximo ao recesso parlamentar, a partir de 18 de julho, deputados correm contra o tempo para conseguir quórum na comissão especial.

O texto está em discussão no colegiado desde a semana passada. Maia quer que a medida seja aprovada na comissão até quinta-feira (27), para depois ser levada a plenário. Líderes do governo também articulam para que haja quórum e o cronograma proposto seja cumprido.

"A gente tem uma expectativa, se nada mudar, que possa, até quinta-feira, votar o relatório da reforma da Previdência na comissão. Deixar o projeto pronto para o plenário para votar na primeira ou na segunda semana de julho", disse Maia, em podcast semanal.

Lideranças da Câmara e o relator da medida, Samuel Moreira (PSDB-SP), reclamam da falta de empenho do governo para articular votos a favor da medida, que é considerada a mais importante do início da gestão Jair Bolsonaro (PSL).

Na última sexta-feira (21), Bolsonaro disse que não via problema se a aprovação na Câmara demorasse uma semana a mais.

Governo faz merchandising da reforma da Previdência no Programa do Ratinho

UOL Notícias

Mais Reforma da Previdência