PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Latam anuncia que deixará aliança oneworld mas manterá parcerias bilaterais

Do UOL, em São Paulo

01/02/2020 10h27

O grupo Latam anunciou nesta sexta-feira (31) que deixará a aliança de companhias aéreas oneworld em 1º de maio de 2020. A Latam promete preservar os benefícios oferecidos aos clientes pela oneworld até 30 de abril e afirma que vai manter contratos bilaterais com a maioria das companhias da aliança.

Atualmente,13 companhias aéreas fazem parte da oneworld. As empresas compartilham serviços de check-in, despacho de bagagem, compra de passagens, entre outros.

Fim do acordo de passageiro com a American Airlines


A saída da Latam marca o fim do acordo com a American Airlines para passageiro frequente e para acesso recíproco às salas VIP. A partir de 1º de maio de 2020, os clientes do Latam Pass não poderão acumular ou resgatar pontos em voos da American Airlines nem acessar as salas VIP da empresa americana.

A Latam afirmou que respeitará todos os bilhetes de voos da American Airlines que forem resgatados com pontos da Latam Pass antes de 1º de maio de 2020, por até 12 meses após essa data. A mesma regra vale para o acúmulo de pontos fora do acordo de passageiro frequente para clientes Latam Pass que compraram passagens em voos da American Airlines.

Acordos bilaterais

A Latam afirmou que manterá acordos bilaterais com as seguintes empresas da oneworld: British Airways, Cathay Pacific, Finnair, Iberia, Japan Airlines, Malaysia Airlines, Qantas, Qatar Airways, Royal Jordanian, S7 Airlines e SriLankan Airlines.

Em parceria com essas companhias, a Latam ofercerá, a partir de 1º de maio, compra de passagens aéreas pelos sites e acúmulo e resgate de pontos por meio dos programas de passageiro frequente.

Acesso recíproco às salas VIP e reconhecimento de top tiers nos respectivos programas de passageiro frequente dependem de acordo final com cada companhia aérea.