PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Custo de vida em São Paulo teve alta de 0,64% em janeiro

Os grupos que registraram os maiores aumentos foram Educação e Leitura (1,61%), Alimentação (1,04%) e Saúde (0,69%) - Sergio Souza/Unsplash
Os grupos que registraram os maiores aumentos foram Educação e Leitura (1,61%), Alimentação (1,04%) e Saúde (0,69%) Imagem: Sergio Souza/Unsplash

Agência Brasil

07/02/2020 17h39

O Índice do Custo de Vida (ICV) no município de São Paulo, calculado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), variou 0,64% em janeiro.

Entre dezembro de 2019 e janeiro de 2020, houve aumento nos grupos Educação e Leitura (1,61%); Alimentação (1,04%); Saúde (0,69%); Recreação (0,55%); Transporte (0,52%); Equipamento doméstico (0,31%); Despesas pessoais (0,26%); e Vestuário (0,14%). Apenas Habitação (-0,09%) e Despesas diversas (-0,66%) registraram queda.

Segundo os dados, a variação do grupo Educação e Leitura foi puxada pelos reajustes das mensalidades escolares, que ocorrem no início do ano. A taxa do subgrupo Educação ficou em 1,59% e a do Leitura, em 2,02%.

No grupo Alimentação a variação foi influenciada pelos Produtos in natura e Semielaborados (1,35%); Indústria da alimentação (1,18%); e Alimentação fora do domicílio (0,26%).

De acordo com o ICV, as consultas médicas variaram 0,41% e os seguros e convênios médicos, 0,95%, influenciando os itens do subgrupo Assistência médica (0,84%) para o resultado do grupo Saúde.

No grupo Transporte, o aumento ocorreu devido aos reajustes nas tarifas do transporte coletivo (1,86%): 2,33% para os ônibus municipais e trens; 2,28% para o Metrô; e 1,49% para os ônibus intermunicipais.

PUBLICIDADE