PUBLICIDADE
IPCA
-0,31 Abr.2020
Topo

Receita permite pedir o CPF pela internet; veja como fazer sua inscrição

Reprodução/Diario de Goiás
Imagem: Reprodução/Diario de Goiás

Ricardo Marchesan

Do UOL, em São Paulo

14/04/2020 14h40Atualizada em 27/04/2020 12h41

Para pedir o auxílio emergencial de R$ 600, é preciso ter CPF. Para facilitar a vida de quem não tem o documento, a partir desta terça-feira (14), a Receita Federal passou a emitir o CPF gratuitamente por email para pessoas de qualquer idade.

Até agora, só quem tinha entre 16 e 25 anos e tivesse título de eleitor regular podia pedir o registro por meio da internet. Se não cumprisse esses requisitos, deveria ir a uma unidade da Receita ou entidade conveniada, como Caixa, Banco do Brasil e Correios, além de pagar uma taxa de R$ 7, de acordo com o órgão.

Para onde mandar o email

Agora, para fazer o pedido, é preciso enviar um email para um dos endereços da tabela abaixo, de acordo com seu estado:

Que documentos mandar

Por email, é preciso enviar, em anexo, uma foto dos seguintes documentos:

  • Documento de identificação:
  • Para maiores de 16 anos: RG atualizado. Se o RG não estiver atualizado, anexar também a Certidão de Casamento ou Nascimento. Também são aceitos Carteira de Trabalho, passaporte ou outro documento oficial de identificação que comprove naturalidade, filiação e data de nascimento;
  • Para menores de 16 anos: RG ou Certidão de Nascimento do menor e RG do responsável (pai, mãe ou tutor ou guardião judicial). Na hipótese de representação por tutor ou guardião, anexar também o respectivo termo de tutela/guarda. Também são aceitos Carteira de Trabalho, passaporte ou outro documento oficial de identificação que comprove naturalidade, filiação e data de nascimento;
  • Título de eleitor (facultativo);
  • Comprovante de endereço;
  • Selfie do interessado ou responsável segurando o documento de identidade aberto (frente e verso), onde deverá aparecer a fotografia e o número do documento legível.

Governo já começou a pagar os R$ 600

A primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 já começou a ser depositada na conta de trabalhadores sem carteira assinada, como medida para reduzir os impactos econômicos da pandemia de coronavírus.

Nesta terça-feira, o pagamento foi feito a 831 mil pessoas que estavam inscritas no Cadastro Único até 20 de março e não recebem Bolsa Família, de acordo com a Caixa.

Para poder receber esse benefício o trabalhador precisa cumprir algumas exigências, entre elas estar com o CPF regularizado. Para quem já tem CPF, mas está com algum problema, como registro suspenso, a Receita também disponibilizou um passo a passo para regularizar a situação pela internet.

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas.

Economia