PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Bolsonaro volta a apontar sobrecarga de imposto sobre preço de combustíveis

 DIORIO/ESTADÃO CONTEÚDO/AE
Imagem: DIORIO/ESTADÃO CONTEÚDO/AE

Do UOL, em São Paulo

23/04/2020 08h14

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a escrever hoje em seu Facebook sobre o preço de combustíveis três dias depois de a Petrobras anunciar a redução de 8% no valor da gasolina nas refinarias e de 4% no diesel.

Bolsonaro escreveu que a gasolina custa R$ 0,91 e o diesel R$ 1,45 nas refinarias, mas o preço final reflete a incidência de impostos e outros custos.

"Preço dos combustíveis, hoje, nas refinarias:- Gasolina: R$ 0,91 - Diesel: R$ 1,45. - PREÇO FINAL: ICMS + CIDE + PIS/PASEP + Cofins + transporte + lucro dos postos + lucro das distribuidoras", escreveu.

Bolsonaro não citou nenhum preço na bomba, que varia de acordo com a região e cidade. Segundo dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), compilados pelo AE-Taxas, o preço médio nacional da gasolina é de R$ 4,095. O do diesel S-500 é de R$ 3,318.

O preço do combustível virou motivo de polêmica em fevereiro depois que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) lançou um "desafio", em tom de bravata, dizendo que iria derrubar impostos federais sobre combustíveis se os governadores "zerassem" o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). São dois os tributos federais, o PIS/Cofins e a Cide.