PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Estudo indica pior década de PIB per capita em mais de 100 anos, diz jornal

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

23/04/2020 09h51

O jornal Valor Econômico publicou hoje um estudo do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV) que indica que o Brasil terá a pior década em mais de cem anos em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) per capita. O índice é definido pelo quociente do valor do PIB com a população total.

Segundo o estudo, o impacto econômico do novo coronavírus fará com que o PIB per capita de 2020 recue 4,1%, chegando a R$ 30.780. O valor seria o menor nível da renda desde 2007 (R$ 29.778).

Caso a estimativa seja confirmada, o PIB per capita encerraria a década com queda média anual de 0,6%. Seria o pior desempenho do índice desde a década compreendida entre 1901 e 1910.

Na atual década, Brasil já registrou três anos de queda do indicador, com recuo nos anos de 2014 (-0,3%), 2015 (-4,4%) e 2016 (-4,1%). Nos últimos anos houve uma lenta recuperação.

Coordenadora do Boletim Macro do Ibre/FGV, Silvia Matos disse ao jornal Valor Econômico que o resultado esperado é reflexo principalmente da recessão medida entre 2014 e 2016.

"O país buscou crescer no início da década com política fiscal e creditícia expansionista, com o pé no acelerado. É algo que se deve fazer apenas quando não há outros instrumentos, como espaço para reduzir juros, o que existia. Então, a recessão iniciada em 2014 tem uma origem insana, de criação de desequilíbrios macroeconômicos", disse.