PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

Bolsonaro pode sancionar socorro a estados nesta semana, afirma Maia

Decisão deve sair após encontro por vídeo entre presidente da República e governadores na quinta-feira - Najara Araujo/Câmara dos Deputados
Decisão deve sair após encontro por vídeo entre presidente da República e governadores na quinta-feira Imagem: Najara Araujo/Câmara dos Deputados

Do UOL, em São Paulo

19/05/2020 15h12

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou hoje esperar que o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), sancione ainda nesta semana o socorro financeiro aos estados diante do impacto da pandemia do novo coronavírus na economia.

A medida foi aprovada pelo Senado em 2 de maio e pela Câmara três dias depois, mas ainda depende do aval de Bolsonaro.

"O presidente deve ter seus motivos para estar adiando. Agora, quanto mais você adiar o apoio a estados e municípios, como a arrecadação vem caindo, alguns vão ficar em uma situação muito ruim, e isso pode gerar uma necessidade de uma segunda medida de apoio, não seria o ideal", disse Maia em entrevista coletiva.

"Seria bom que o presidente pudesse sancionar. Infelizmente, está atrasado, mas o governo tem suas razões. Espero que possa sancionar nesta semana e os recursos chegarem a estados e municípios", acrescentou.

O socorro aos estados será discutido em videoconferência de Bolsonaro com os governadores na manhã da quinta-feira — que Maia afirmou ter sido sugerida por ele ao presidente. O ministro da Economia, Paulo Guedes quer que seja vetado o trecho do projeto que libera determinadas categorias de congelamento de salários por um ano e meio. A decisão só deve sair após a conversa entre o presidente e os governadores.

Economia