PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Mídia e Marketing

Ana Paula Castello Branco, da TIM: Publicidade não pode vender sonhos

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/05/2020 04h01

Ana Paula Castello Branco, diretora de Advertising & Brand Management da TIM Brasil, é a entrevistada do podcast Mídia e Marketing, publicado nesta semana. Na entrevista, a executiva comenta sobre as mudanças recentes na maneira de se fazer publicidade, além de abordar o atual momento das operadoras, serviço que ficou mais relevante com a pandemia da covid-19.

"Nosso propósito é que a tecnologia seja sinônimo de liberdade. A gente sabe que temos que arriscar e que temos que ser ágeis, fortes e rápidos. A tecnologia pode significar liberdade para as pessoas. A nossa missão é trabalharmos em cima da tecnologia para pode evoluir o mais rápido possível", afirma (no arquivo acima, o trecho está a partir de 12:07).

"A verdade sempre foi importante na publicidade. As pessoas estão muito conscientes, não estão aceitando discursos. A gente não pode vender um sonho. Temos que vender coisas concretas. As pessoas estão em busca de marcas com propósito, que têm a ver com o seu estilo de vida. As marcas têm que se esforçar para serem muito verdadeiras (a partir de 13:54).

Ana Paula, que atuou por mais de 20 anos na Coca-Cola, é diretora de marketing da TIM desde 2017. A executiva também falou sobre as peculiaridades de se criar campanhas para uma operadora.

"A primeira coisa que a gente faz quando acorda é olhar o celular. Nossa comunicação é uma mistura de serviço com objeto de desejo. Precisamos explicar o que oferecemos para o cliente e, ao mesmo tempo, mostrar porque nossa oferta é melhor que a da concorrência. A comunicação de 'telecom' é mais dinâmica", declara (a partir de 19:01).

"A TIM sempre teve a música no seu DNA. A música ajuda a aliviar os momentos tensos do dia a dia e percebemos que as pessoas estão ávidas por entretenimento. A música nos aproxima dos consumidores", afirma (a partir de 10:19). Sobre o impacto da covid-19 no setor, Ana Paula diz que a TIM viu um maior impacto em seus planos pré-pagos.

"Todos os setores foram impactados com a pandemia. Tivemos um impacto maior no pré-pago, mesmo porque as pessoas não conseguem fazer a recarga, por problemas econômicos ou por problemas de acesso aos locais que fazem a recarga. Dentro desse novo normal, a tendência que a banda larga cresça nesse novo contexto", afirma (a partir de 5:59).

Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.

Podcasts são programas de áudio que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar —no computador, smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição. Você pode ouvir Mídia e Marketing, por exemplo, no Spotify, na Apple Podcasts e no YouTube.

Mídia e Marketing