PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Mídia e Marketing

Inspirada em receitas caseiras, Liv Up lança linha de pratos prontos

Divulgação
Imagem: Divulgação

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

01/09/2020 04h01

A Liv Up, startup especializada em comida saudável, apresenta sua nova linha de produtos nesta semana.

A empresa passa a contar com uma linha de pratos prontos, inspirados em receitas caseiras. As receitas virão em embalagens únicas, onde o consumidor poderá comer no próprio prato.

A startup acredita que o público tem buscado por novos produtos, com sabores mais "familiares". Além disso, segundo a empresa, com mais pessoas se alimentando em casa todos os dias devido à pandemia, o consumidor busca uma "cozinha mais prática" —que gere menos louça para lavar, por exemplo.

"Pensamos em uma maneira de entender a dor do consumidor. A novidade surge para dar mais praticidade ao dia a dia do público, democratizando a forma saudável das nossas receitas", declara Livia Malouf, diretora de Estratégia e Inovação da foodtech.

Novidade chegará primeiro em BH, Campinas e Curitiba

A novidade chegará primeiro às cidades de Belo Horizonte, Campinas e Curitiba —se fizer sucesso, a linha deverá ser expandida para as 50 cidades que são atendidas pela empresa, em todo o Brasil.

Serão 12 novos pratos, com valores entre R$ 18,90 e 25,90. Entre as receitas, os consumidores poderão escolher pratos como lasanha à bolonhesa, estrogonofe de carne, arroz e batata assada ou picadinho, arroz e purê de banana da terra.

Objetivo é diversificar o portfólio

"É mais um passo na diversificação do nosso portfólio, que recentemente ganhou produtos como papinhas orgânicas, lanches, snacks e sucos. Além da quarentena expandir as compras online e o delivery de alimentos, os consumidores agora também buscam uma alimentação mais saudável", declara a executiva.

Nascida em 2016, a Liv Up tem duplicado de tamanho ano após ano. A expectativa, em 2020, é que a empresa cresça 3 vezes, se comparada com os números de 2019. Em setembro do ano passado, a startup recebeu um aporte de R$ 90 milhões, liderado pelo fundo norte-americano ThornTree Capital.

"Tivemos um crescimento de duas vezes e meia no período de demanda, graças à expansão de portfólio, aceleração do delivery e o desejo de saudabilidade do consumidor. Além disso, a empresa já estava 100% preparada para esse aumento de demanda", afirma Livia.

PUBLICIDADE

Mídia e Marketing