PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Marca Cotonetes pode ser comprada por empresa brasileira, diz jornal

Marca Cotonetes deve ser vendida por causa de mudança de estratégia da Johnson & Johnson - Reprodução
Marca Cotonetes deve ser vendida por causa de mudança de estratégia da Johnson & Johnson Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL

28/10/2020 11h06Atualizada em 28/10/2020 13h04

A marca Cotonetes, de hastes flexíveis de algodão, está à venda. E a empresa americana Johnson & Johnson está negociando com uma empresa brasileira, Cremer, que é a principal interessada no momento. As informações são do jornal Valor Econômico.

O banco de investimento Lazard está procurando possíveis compradores. A Cremer já fez uma proposta, que foi recusada pela Johnson & Johnson, segundo o Valor. A alta cotação do dólar tem prejudicado a negociação - ontem, a moeda fechou o dia valendo R$ 5,68.

Ainda de acordo com o jornal, a Johnson & Johnson continua negociando com a Cremer, mas estipulou um valor mínimo para a compra. A empresa brasileira ainda não respondeu.

A venda da marca Cotonetes faz parte da mudança de estratégia da empresa americana, que tem se especializado em inovações científicas. Ela tem investido, inclusive, no desenvolvimento de uma vacina contra o coronavírus, entre outras novas tecnologias.

A Johnson & Johnson e o Grupo Mafra, dono da Cremer, foram procurados pelo jornal Valor Econômico, mas disseram que não comentam rumores de mercado.