PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Secretaria de Economia do DF sofre tentativa de ataque hacker

Tentativa de invasão ao sistema do DF acontece dois dias depois de o STJ ter sido alvo de ataque hacker - Getty Images
Tentativa de invasão ao sistema do DF acontece dois dias depois de o STJ ter sido alvo de ataque hacker Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

05/11/2020 15h14

A Secretaria de Economia do Distrito Federal informou hoje ter identificado uma tentativa de ataque hacker aos sistemas do governo do Distrito Federal e que, por isso, tirou todos os servidores do ar e trabalha para resolver os problemas.

Mais cedo, o Ministério da Saúde informou que estava investigando uma possível invasão aos sistemas. Servidores ficaram sem acesso a internet, linhas de telefone fixo e e-mails corporativos do ministério. A pasta diz apenas que investiga "inconsistência" no sistema e que não há prazo para retorno da rede.

Os episódios acontecem dois dias depois de as redes de tecnologia do STJ (Superior Tribunal de Justiça) terem sido alvos de ataque hacker durante sessões dos colegiados das seis turmas.

O ataque provocou instabilidade e levou à suspensão de julgamentos, entre eles o de um recurso da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre o processo da Operação Lava Jato relacionado ao apartamento tríplex do Guarujá (SP).

Em nota, o tribunal informou que já acionou a Polícia Federal para investigar o ataque cibernético, e que a equipe de tecnologia da corte está trabalhando na recuperação dos sistemas.

"Por precaução, os prazos processuais seguem suspensos até a próxima segunda-feira (9)", avisou o STJ. "Todas as sessões de julgamento, virtuais e/ou por videoconferência, estão suspensas ou canceladas até restabelecida a segurança do tráfego de dados nos nossos sistemas."

Ainda segundo a nota, todos os usuários do sistema interno da corte foram orientados a não usar os computadores conectados à rede do tribunal, até que a segurança de preservação dos dados esteja restabelecida.