PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Belém paga auxílio emergencial de até R$ 450 para mulheres com filhos

Felipe de Souza

Colaboração para o UOL, em Campinas (SP)

23/04/2021 04h00

O Bora Belém, auxílio emergencial criado pela Prefeitura de Belém (PA), deve destinar R$ 30 milhões a famílias de baixa renda. O projeto prevê o pagamento de uma parcela de até R$ 450, dependendo da composição familiar. O morador não precisa se cadastrar, apenas manter a inscrição no CadÚnico atualizada.

Mulheres que têm um filho receberão R$ 150; dois ou três, R$ 300; e mais de três filhos, R$ 450.

Os beneficiários são registrados pela Fundação Papa João 23 (Funpapa), vinculada à Prefeitura de Belém, que identifica famílias da capital que não estão recebendo nenhum tipo de auxílio governamental e, mesmo sem precisar se cadastrar, têm direito à renda cidadã. A meta é que, inicialmente, sejam beneficiadas quase 9 mil famílias da capital.

O pagamento é realizado pelo Banco do Estado do Pará (Banpará), que disponibilizou um site para consultar a concessão do benefício. Após um contato para que seja criado um cartão, o valor fica disponível.

Veja detalhes do benefício.

O que é?

É um programa de auxílio que prevê pagamento de um benefício para ajudar famílias que estão em situação de vulnerabilidade social por causa da pandemia de coronavírus.

Qual o valor?

Até R$ 450 reais, cota única, divididos da seguinte forma:

  • Mulheres com um filho: R$ 150
  • Mulheres com dois ou três filhos: R$ 300
  • Mulheres com mais de três filhos: R$ 450

Quem tem direito?

Famílias com renda per capita mensal de até R$ 89 podem receber. Mães solteiras com filhos, ou famílias com gestantes ou mães em fase de amamentação também podem solicitar o benefício.

Como me cadastrar?

É necessário manter o CadÚnico atualizado. O cadastro no Bora Belém é de responsabilidade da Fundação João Paulo XXIII (Funpapa), de assistência social da cidade. É a fundação que vai fazer a checagem para selecionar as pessoas que se encaixam nas diretrizes do programa, conforme os dados informados no Cadastro Único, que deve ser mantido atualizado.

Como saber se tenho direito?

A consulta pode ser feita pelo site do Banco do Estado do Pará. É necessário preencher o CPF e a data de nascimento para consultar se tem direito ao benefício.

Como receber?

Se aprovado para receber o auxílio, o beneficiário deve ir a uma agência do Banpará com documento oficial de identificação com foto e CPF para pedir o cartão Bora Pará, além de informar em qual agência quer recebê-lo. Após a retirada, é só usar a função débito em estabelecimentos credenciados.

Quando receber?

Os pagamentos começaram a ser feitos em 8 de março. Como o programa prevê apenas uma parcela, o valor é disponibilizado após o recebimento do cartão.

Tenho direito, mas não fui aprovado. O que fazer?

Você deve entrar em contato com a Fundação Papa João 23, pelo telefone (91) 3279-5427 para pedir orientações. A probabilidade é que algum dado incorreto no CadÚnico possa ter causado o problema. Também é possível fazer contato com a ouvidoria da prefeitura, pelo (91) 3226-5110 ou ogm.belem@cinbesa.com.br.

Recebo auxílio emergencial. Posso receber o Bora Belém?

Não. A proposta da prefeitura é dar o benefício apenas para famílias que não recebem nenhum outro auxílio governamental.