PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Gás encanado ficará até 40% mais caro em SP a partir de hoje

Tarifas do gás irão aumentar em SP - Carlos Paes/SXC
Tarifas do gás irão aumentar em SP Imagem: Carlos Paes/SXC

Colaboração para o UOL

31/05/2021 09h29Atualizada em 31/05/2021 10h52

A Arsesp (Agência Reguladora de Serviços Públicos de São Paulo) informou que os preços do gás encanado irão aumentar no estado a partir de hoje. A região compreendida pela concessionária Naturgy terá um aumento de até 40%, enquanto a área abastecida pela Comgás terá um reajuste de até 10,2%.

Os aumentos irão atingir os consumidores residenciais, comerciais, industriais, além dos motoristas que abastecem com GNV (gás natural veicular).

Conforme a Arsesp, o aumento acima da inflação foi impulsionado pela elevação do preço do gás promovido pela Petrobras no início de maio. Ainda segundo a agência, a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA) do governo de São Paulo pediu que fossem realizados estudos a fim de reavaliar possíveis medidas para reduzir o impacto aos usuários, e que foi possível reduzir o índice de reajuste em negociação com as companhias. Entretanto, o restante do repasse de aumento da tarifa será diluído entre os anos de 2022 e 2024.

A Comgás, que atende principalmente os moradores da região metropolitana de São Paulo, aumentará a tarifa em até 9,8% para os consumidores residenciais, até 10,2% para os consumidores comerciais e até 9,7% para os consumidores industriais.

Já a Naturgy, que abrange as regiões de Sorocaba e Registro, terá um aumento de até 33,3% para os consumidores residenciais, até 15,3% para os consumidores comerciais, até 39,7% para os consumidores industriais e 39,9% nos postos fornecedores do GNV.

Segundo a Arsesp, se não houvesse a negociação, as tarifas teriam ficado em média 34% maiores na região abastecida pela Comgás, e um aumento ainda maior nas áreas atendidas pela Naturgy, onde os preços teriam aumentado entre 75% e 80%.