PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Em um ano, 377 brasileiros perderam o emprego por hora, diz TV

Taxa média de desemprego no Brasil foi de 14,7% no primeiro trimestre do ano - iStock
Taxa média de desemprego no Brasil foi de 14,7% no primeiro trimestre do ano Imagem: iStock

Do UOL, em São Paulo

24/07/2021 10h34

Um levantamento realizado pela consultoria IDados e divulgado com exclusividade pela Globonews mostrou que entre abril de 2020 e abril de 2021 3,3 milhões de pessoas deixaram de trabalhar — são 377 desempregados por hora. Trata-se de um dos reflexos da crise provocada pela pandemia da covid-19.

O levantamento foi feito com base nos indicadores de abril da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua, divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Segundo a emissora, a situação registrada em julho e agosto do ano passado foi ainda pior — em média, 1.300 empregos perdidos por hora.

"De fato a pandemia afetou o mercado de trabalho e afetou fortemente, forte negativo. Se a gente olha essa evolução mês a mês, a gente vê que foi exatamente isso que aconteceu, foi primeiro caindo fortemente e depois começou a reverter. À medida que ao longo do segundo semestre do ano passado começou a haver uma recuperação do emprego, a gente começou observar quedas cada vez menores", explicou à Globonews Bruno Ottoni, economista e pesquisador do IDados.

A taxa média de desemprego no Brasil foi de 14,7% no primeiro trimestre do ano, uma alta de 0,8 ponto percentual na comparação com o último trimestre de 2020 (13,9%). Isso corresponde a mais 880 mil pessoas desocupadas, totalizando 14,8 milhões na fila em busca de um trabalho no país.

Essas são a maior taxa e o maior contingente de desocupados de todos os trimestres da série histórica do IBGE, iniciada em 2012.

PUBLICIDADE