PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Governo inclui 18 projetos em programa de privatização; Conab está na lista

Imóveis da Conab foram incluídos na carteira de ativos do PPI - Divulgação
Imóveis da Conab foram incluídos na carteira de ativos do PPI Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL

25/08/2021 19h37

O governo federal aprovou a inclusão de 18 novos empreendimentos na carteira de de ativos do PPI (Programa de Parcerias de Investimentos) para a desestatização de empresas e serviços públicos. Entre eles estão imóveis da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento).

Entre os ativos para privatização estão o Porto de São Sebastião (SP), imóveis do Serpro, da Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa) e da Empresa Gestora de Ativos (Emgea). Nas concessões entraram 8 arrendamentos portuários: Santos (SP), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e Ilhéus (BA), Porto Alegre (RS), Mucuripe (CE) e Itaqui (MA). O plano também prevê agora a relicitação da concessão da rodovia BR-060/153/262/DF/GO/MG, entre o Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais.

A sugestão foi feita hoje, durante uma reunião do CPPI (Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos), com a presença do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e coordenação do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Juntos, segundo o governo, esses 18 empreendimentos podem somar R$ 31 bilhões em investimentos.

Ainda segundo o PPI, só em 2021 foram leiloados 46 projetos, com investimentos de mais de R$ 55,4 bilhões. A expectativa é de que, até o fim do ano, outros 57 tenham o mesmo destino, com investimentos de R$ 307 bilhões. O balanço dá conta de que, desde o início do governo Bolsonaro, já foram leiloados 111 projetos.

A reunião também debateu a aprovação do Projeto de Lei 591/2021, que trata da quebra do monopólio dos serviços postais dos Correios e permite a privatização da empresa. Ainda foi discutida a Lei 14.182, que permite a venda da Eletrobras.

*Com informações da Reuters

PUBLICIDADE