PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Mídia e Marketing

Com #MudeANarrativa, Twitter busca valorizar ações plurais das marcas

Reprodução
Imagem: Reprodução

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

16/12/2021 04h01

Em novembro, o Twitter lançou no Brasil a campanha #MudeANarrativa. O objetivo era ampliar a discussão, entre as marcas, da necessidade de inclusão de profissionais negros nos universos da publicidade e da comunicação.

Segundo a rede social, a iniciativa aproveitou o mês da Consciência Negra para destacar a "importância de conversas propositivas e ações perenes para construir um mercado que reflita criatividade, pluralidade e potência genuinamente brasileiras".

Primeiro, lançou um vídeo (veja abaixo). Agora, a ideia, agora, é tornar a ação mais perene —até mesmo para ajudar as marcas a entenderem como a "indústria constrói imaginários e influencia a cultura e a responsabilidade da publicidade na construção e desconstrução de estereótipos, narrativas e possibilidades".

Um levantamento recente do Twitter aponta um aumento de 345% nas conversas sobre representatividade e igualdade na plataforma. Levando em consideração apenas o tema da representatividade, houve um crescimento de 36% no número de publicações.

O UOL Mídia e Marketing conversou com Nubiha Modesto, gerente de marketing do Twitter Brasil, para entender um pouco mais sobre a criação da campanha, além das ações previstas para os próximos meses. Confira:

UOL Mídia e Marketing: Quais são as ações efetivas que o Twitter fará dentro da campanha? Como elas poderão ajudar a fomentar as conversas propositivas sobre o tema?

nubiha - Divulgação - Divulgação
Nubiha Modesto, gerente de marketing do Twitter Brasil
Imagem: Divulgação

Nubiha Modesto: Vamos trabalhar com ações até o final de 2022. Iniciamos a discussão sobre "ir além do Mês da Conscientização Negra" com um vídeo convidando o mercado a pensar sobre a importância das vozes negras dentro e fora da tela durante todo o ano.

Mais do que reflexão, queremos propor movimentos de ação afirmativa no dia a dia

A partir disso, começamos uma série de ações que envolvem artigos sobre marketing inclusivo, Espaços do Twitter (recurso do Twitter que conecta as pessoas por meio de conversas de áudio ao vivo), eventos ao vivo na plataforma e conteúdos divulgados nos perfis @TwitterMktgBR no Twitter e no LinkedIn.

UOL Mídia e Marketing: Como o Twitter pode se aprofundar no tema, ajudando marcas a realizarem ações afirmativas?

Nubiha Modesto: Se não fosse pelas pessoas, o Twitter não seria o Twitter. É por isso que as colocamos no centro de tudo o que fazemos. Somos um serviço aberto, público e em tempo real, onde as pessoas vão para saber o que está acontecendo no mundo e se conectar além de seus círculos sociais.

Por isso, é constantemente o berço de importantes discussões, ideias e movimentos que extrapolam a plataforma, viram notícia, influenciam comportamentos e mudam a sociedade, impactando as relações offline.

A diversidade é fundamental para o nosso propósito de servir à conversa pública e essa conversa é composta por pessoas reais, que compartilham seus pontos de vista, necessidades, expectativas e muito mais.

A partir disso, é possível entender nuances e diferentes aspectos de uma mesma reivindicação e, inclusive, perceber que não há um olhar único.

Quando nos concentramos em amplificar vozes minorizadas e possibilitar suas expressões, isso nos ajuda a entender melhor o mundo.

É por isso que estamos empenhados em trabalhar com nossos parceiros e clientes para impulsionar, defender e ensiná-los a se conectarem melhor com diversas comunidades, enquanto priorizamos criadores e produtores de conteúdo que refletem a diversidade da sociedade em que vivemos.

UOL Mídia e Marketing: Enquanto parceiro de negócios, o Twitter tem grande relevância no mix de plataformas dos anunciantes. Até que ponto ele pode provocar mudanças na estratégia dos anunciantes?

Nubiha Modesto: Estamos imersos nas conversas e mudanças culturais movimentadas pelas comunidades que estão na plataforma. Esta característica única nos fortalece e faz com que tenhamos propriedade para levar esses temas aos nossos parceiros, ajudando-os a acompanhar o pulso da sociedade e, assim, provocar essas mudanças fundamentais.

É também por isso que propomos aproveitar o poder da publicidade e propaganda para construir um futuro mais justo e com narrativas plurais.

A grande mudança começa a acontecer quando marcas se propõem a ir além dos meses de visibilidade que possuem uma importância inegável, e passam a pensar em estratégias de comunicação que elevam vozes plurais cotidianamente, na frente e atrás das câmeras, sem precisar de uma data especial.

Encontrar formas significativas de nutrir e inspirar perspectivas diferentes, colocando o valor das pessoas no centro de tudo o que você faz é um processo contínuo. No Twitter, definimos marketing inclusivo como enraizado na cultura, que reflete autenticamente comunidades diversas e intersetoriais e é projetado para se conectar com pessoas e não com alvos étnicos ou demográficos.

PUBLICIDADE

Mídia e Marketing