PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Embaixador perante a OCDE cita necessidade de queda do desmatamento

29.mar.2016 - Carlos Cozendey, embaixador do Brasil perante a OCDE - Ana de Oliveira/AIG-MRE
29.mar.2016 - Carlos Cozendey, embaixador do Brasil perante a OCDE Imagem: Ana de Oliveira/AIG-MRE

Do UOL, em São Paulo

27/01/2022 08h06

Convidado para dar início ao processo de entrada na OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), o "clube dos países ricos", o Brasil precisa reduzir suas taxas de desmatamento para acelerar a negociação, avaliou Carlos Cozendey, embaixador do Brasil perante ao bloco, em entrevista ao jornal O Globo.

"É certo que a questão do desmatamento será olhada de perto e será importante obter bons resultados nos próximos anos nesse campo", disse ele.

Apesar do convite, o processo pode levar anos e não tem um prazo para ser concluído.

Sobre os próximos passos do processo, Cozendey explicou que, após receber a resposta do Brasil, o secretário-geral da OCDE, Mathias Cormann, "coordenará a preparação de um "road map" (roteiro de acessão) para ser aprovado pelo Conselho".

"Esse roteiro contém a lista dos comitês que examinarão as políticas brasileiras e as orientações para os mesmos acordadas pelos membros", continuou.

Além do Brasil, a OCDE está em abertura do processo de adesão com Argentina, Peru, Bulgária, Croácia e Romênia. Questionado se o Brasil está mais avançado que outros candidatos, o embaixador avalia que sim, ressaltando que o país "já realizou algumas revisões de políticas que devem ser aproveitadas nos exames pelos comitês".

"Já tem implementada legislação chave em áreas como combate à corrupção e governança de estatais e está em fase de conclusão da adesão aos códigos de liberalização de movimentos de capitais e intangíveis, que é um pilar importante do processo", acrescentou.

Sobre os pontos mais difíceis de serem cumpridos, Cozendey diz que as autoridades avaliam ter dificuldade em "menos de 10% das recomendações e decisões".

"Alguns desses pontos estão sendo resolvidos, como por exemplo, com a aprovação da lei cambial. Outros, como o tema das metodologias para preços de transferência estão sendo equacionados num trabalho de diálogo com o secretariado nos últimos anos."

O que é a OCDE

A OCDE é uma organização internacional com sede em Paris que conta com 38 países com o objetivo de coordenar políticas econômicas entre eles. Fundada em 1961, no contexto da Guerra Fria, é um desdobramento da Organização para Cooperação Econômica Europeia, que existia desde 1948.

A OCDE (OECD, na sigla em inglês) recebe o apelido de "clube dos ricos" porque reúne, principalmente, as maiores economias mundiais, como EUA, França, Alemanha, Japão, Canadá e Reino Unido.

As atividades da OCDE contemplam diferentes áreas relacionadas às políticas públicas, como: política econômica, governança pública, trabalho, ciência e tecnologia, governança corporativa, educação, meio ambiente, comércio, agricultura, economia digital, investimento, entre outras.