PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Bolsa de Moscou operará normalmente na segunda, um mês após fechamento

Bolsa de Moscou, na Rússia, voltou a funcionar parcialmente na quinta-feira - Maxim Shemetov/Reuters
Bolsa de Moscou, na Rússia, voltou a funcionar parcialmente na quinta-feira Imagem: Maxim Shemetov/Reuters

Do UOL*, em São Paulo

26/03/2022 11h33

O Banco Central da Rússia anunciou hoje que a Bolsa de Moscou irá funcionar normalmente na segunda-feira (28). Na quinta-feira (24), o mercado de ações do país foi parcialmente retomado, após passar um mês fechado, com as sanções sem precedentes impostas pelos países ocidentais pela guerra na Ucrânia.

Em 24 de fevereiro, quando as tropas russas entraram no país vizinho, a Bolsa de Moscou desabou 30%, e US$ 190 bilhões evaporaram do mercado. No dia seguinte, a Bolsa decidiu suspender a maioria de suas atividades.

Apesar do anúncio do BC, pessoas que não residem na Rússia terão de esperar até ao menos 1º de abril para vender ações e títulos do governo federal em rublo. Vendas a descoberto (short selling, em inglês) também continuam banidas.

Para os EUA, a retomada da negociação na Bolsa russa é uma "farsa".

"O que estamos vendo é uma farsa, uma reabertura do mercado ao Potemkin", disse, em comunicado, o diretor adjunto para Segurança Nacional da Casa Branca, Daleep Singh.

"A Rússia deixou claro que usará recursos governamentais para inflar artificialmente o valor das empresas que estão sendo cotadas. Isso não é um mercado real, nem um modelo sustentável. A única coisa que reflete é o isolamento da Rússia no sistema financeiro internacional".

*Com informações da Reuters, AFP e EFE