IPCA
0,83 Mai.2024
Topo

Após reclamar do Twitter, Musk compra ações e ganha US$ 780 mi com alta

Elon Musk é dono da Tesla e da Space X - Britta Pedersen/POOL/AFP
Elon Musk é dono da Tesla e da Space X Imagem: Britta Pedersen/POOL/AFP

Do UOL, em São Paulo

04/04/2022 15h57Atualizada em 04/04/2022 18h40

Dono da Tesla e da Space X, o bilionário Elon Musk anunciou nesta segunda-feira (4) ter comprado 9,2% das ações do Twitter, por US$ 2,9 bilhões. A compra foi concluída em 14 de março, mas veio a público só hoje. Em 25 de março, o bilionário criticou o Twitter e ameaçou criar uma nova rede social.

Após o anúncio, os papéis do Twitter fecharam hoje com alta de 27,12%, a US$ 49,97. Com a valorização, os US$ 2,9 bilhões investidos por Musk já se tornaram cerca de US$ 3,68 bilhões, um lucro de cerca de US$ 780 milhões.

Antes de o bilionário criticar o Twitter, a ação da empresa valia US$ 38,82 (24 de março). Na sexta-feira (1º), valia cerca de US$ 39.

De acordo com o ranking de bilionários da Bloomberg, Musk ocupa o primeiro lugar, com uma fortuna avaliada em US$ 273 bilhões (cerca de R$ 1,2 trilhão).

Criação de uma nova rede

O anúncio da compra veio semanas depois de Musk ter tuitado que tem planos de criar uma rede sem algoritmo e que valorize a liberdade de expressão.

"Liberdade de expressão é essencial para o funcionamento da democracia. Você acredita que o Twitter cumpre rigorosamente este princípio?", perguntou Musk em uma enquete realizada em sua conta no Twitter, em 25 de março. Nesta data, o bilionário já tinha investido no Twitter.

Posteriormente, ele disse que o resultado daquela pesquisa era importante —até então, ninguém sabia que ele já tinha comprado uma parte da empresa.