PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Dinheiro esquecido: o que acontece se valor não for resgatado dos bancos?

Se tiver dinheiro esquecido em bancos e não sacar, você perde o direito? - José Cruz/Agência Brasil
Se tiver dinheiro esquecido em bancos e não sacar, você perde o direito? Imagem: José Cruz/Agência Brasil

Do UOL, em São Paulo

18/04/2022 04h00

O Banco Central divulgou no fim de março um novo calendário para o resgate de dinheiro esquecido em bancos pelo sistema de Valores a Receber (SVR). O cronograma se estende até o dia 16 de abril, e a partir de maio haverá uma nova rodada de consultas, que poderá render novos saques.

Mas, o que acontece se alguém tiver o valor a ser retirado do banco e não pedir o resgate?

De acordo com o BC (Banco Central), nada.

Segundo a instituição, o recurso pertence ao cidadão e será mantido nas instituições por tempo indeterminado até que o dono peça o resgate. Ou seja, o dinheiro esquecido permanecerá lá, esquecido.

Os prazos estabelecidos pelo BC para consulta e pedidos de transferência, de acordo com data de nascimento do cidadão e criação de conta de empresas, foi apenas uma forma de organizar a demanda, esclarece a instituição.

O que é o Sistema de Valores a Receber?

O Banco Central criou o SRV (Sistema de Valores a Receber) para que a população confira se tem dinheiro esquecido em contas bancárias já encerradas ou em razão de tarifas cobradas indevidamente em operações de crédito.

Em abril, o calendário está assim:

Abril

  • 1º de abril: cidadãos nascidos ou empresas abertas de 1964 a 1967;
  • 2 de abril: repescagem para todos os grupos acima;
  • 3 de abril: fechado;
  • 4 de abril: de 1968 a 1971;
  • 5 de abril: de 1972 a 1975;
  • 6 de abril: de 1976 a 1979;
  • 7 de abril: de 1980 a 1981;
  • 8 de abril: de 1982 a 1983;
  • 9 de abril: nova repescagem (grupos de 4 a 8 de abril);
  • 10 de abril: fechado;
  • 11 de abril: cidadãos nascidos ou empresas abertas de 1984 a 1985;
  • 12 de abril: de 1986 a 1988;
  • 13 de abril: de 1989 a 1992;
  • 14 de abril: de 1993 a 1997;
  • 15 de abril: de 1998 em diante;
  • 16 de abril: repescagem (grupos de 11 a 15 de abril).

Novas consultas

O sistema Valores a Receber ficará fechado entre 17 de abril e 1º de maio para "reformulação", segundo o BC. A partir disso, uma nova atualização poderá render novos resgates, mesmo a quem já sacou algum dinheiro na primeira fase.

"O sistema contará com informações novas repassadas pelas instituições financeiras. Ou seja, mesmo quem já resgatou seus recursos e quem não tinha valores a receber na primeira etapa deve consultar novamente o sistema, pois os dados serão atualizados e pode haver recurso novo", explicou o BC em newsletter distribuída à imprensa.

Além disso, a partir de 2 de maio, não haverá mais necessidade de agendamento, e o resgate dos valores poderá ser pedido logo na primeira consulta.

Cuidado com golpes

O único site para consulta e pedidos de transferência de valores esquecidos em bancos é o valoresareceber.bcb.gov.br. O BC não entra em contato direto com os cidadãos para tratar sobre esse dinheiro ou pedir confirmação de dados pessoais.

Nunca clique em links suspeitos enviados por e-mail, SMS, WhatsApp ou Telegram, nem faça qualquer tipo de pagamento para ter acesso aos valores.

Nem o BC, nem as instituições financeiras vão exigir que você forneça dados pessoais ou senhas para liberar o dinheiro.