PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Elon Musk é a pessoa mais rica de toda a história da humanidade?

O empresário Elon Musk, da SpaceX e Tesla, no Met Gala 2022, em Nova York (EUA) - Gilbert Carrasquillo/Getty Images
O empresário Elon Musk, da SpaceX e Tesla, no Met Gala 2022, em Nova York (EUA) Imagem: Gilbert Carrasquillo/Getty Images

Adriano Ferreira

Colaboração para o UOL, de São Paulo

27/05/2022 04h00

Elon Musk, 50 anos, empresário da Tesla (empresa de carros elétricos), SpaceX (de naves espaciais) e provável futuro dono do Twitter, atualmente é o homem mais rico do mundo com uma fortuna de US$ 219 bilhões (R$ 1 trilhão). Mas será que isso é suficiente para torná-lo o mais rico da humanidade?

Na verdade, não. A pessoa mais rica de toda a história seria o antigo rei africano Mansa Musa, do século 14, que teria acumulado o valor hoje estimado em R$ 15,2 trilhões, ou seja, 15 vezes mais dinheiro que o total de Musk. Outra personalidade que disputa o topo dos ricos é Jakob Fugger (1459-1525), alemão que teve o equivalente ao que hoje seriam US$ 400 bilhões (R$ 2,06 trilhões na cotação atual), segundo o biógrafo Greg Steinmetz.

Quem foi Mansa Musa?

Mansa Musa - Wikimedia Commons - Wikimedia Commons
Imagem: Wikimedia Commons

José Rivair Macedo, historiador e autor do livro "Antigas Sociedades da África Negra", afirma que Mansa Musa foi governante do antigo império do Mali, ao sul do deserto do Saara, no século 14 (1312-1337). Sua riqueza vinha da mineração de ouro.

Apesar de as estimativas o apontarem como a pessoa com maior acúmulo de riqueza da humanidade, não existe uma base para compará-lo a outros governantes, diz Macedo. O que existiu foi uma alta influência política e econômica na época.

Além disso, há uma mistificação em torno de sua figura, porque quebra a imagem de uma África pobre. "A figura do Mansa Musa é muito cercada de mitologia, principalmente pelo episódio da peregrinação à Meca [em 1334, quando ele teria levado 100 kg de ouro]. Quanto mais o tempo passou, mais a imagem cresceu", afirma o escritor.

Quem foi Jakob Fugger?

Jacob - Reprodução - Reprodução
Retrato do banqueiro Jakob Fugger. feito pelo pintor alemão Albrecht Durer
Imagem: Reprodução

Se estivesse vivo hoje, Jakob Fugger seria mais rico que Bill Gates, Warren Buffet, Carlos Slim e Mark Zuckerberg juntos. O banqueiro alemão chegou a ser apelidado de "O rico". Para o biógrafo Greg Steinmetz, é seguro afimar que "Jakob Fugger foi sem dúvida o mais poderoso banqueiro de todos os tempos".

"No Renascimento, a época em que Fugger viveu, o mundo era controlado por duas figuras: o imperador romano e o papa. E Fugger financiou os dois", diz o biógrafo.

Ele criou, segundo Steinmetz, a primeira multinacional, o primeiro serviço de notícias, o pagamento de juros —que na época era considerado ganância—, financiou Colombo em sua primeira viagem à Índia e Fernão Magalhães na primeira viagem ao redor do mundo.

Quem é Musk e como ele começou a ficar rico?

Musk - Joe Skipper/Reuters - Joe Skipper/Reuters
Elon Musk, fundador da SpaceX, durante evento no Cabo Canaveral, na Flórida (EUA), em 19 de janeiro de 2020
Imagem: Joe Skipper/Reuters

Elon Musk é de origem sul-africana, e veio de uma família que já acumulava riquezas. O seu pai, Errol Musk, se tornou ainda mais rico quando virou sócio de uma mina de esmeralda na Zâmbia. Ele terminou o ensino médio no Canadá e se formou em física e economia nos EUA.

Em 1995, junto com seu irmão (Kimbal) ele fundou a primeira empresa, a Zip2 — que fazia mapas on-line de guia de cidades para jornais. Depois, vendeu a empresa por mais de US$ 300 milhões.

Por que Elon Musk conseguiu acumular tanta fortuna?

O primeiro fator de sucesso é a capacidade de criar empresas inovadoras e, ao mesmo tempo, gerenciá-las no desenvolvimento, afirma Josilmar Cordenonssi Cia, professor de economia no CCSA (Centro de Ciências Sociais e Aplicadas) da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

"Geralmente, os inventores/empreendedores têm muito foco no produto, na tecnologia, mas não nas várias dimensões das empresas, especialmente no relacionamento com clientes, funcionários e fornecedores. Esse equilíbrio é difícil em uma empresa, imagina em várias, como é o caso de Musk", diz.

O segundo ponto é investir em negócios inovadores e, portanto, de alto risco. Empreender em um país como os EUA, que não pune o fracasso, também pode ter ajudado, diz Cordenonssi . "Isso explica, pelo menos em parte, por que Elon Musk foi prosperar nos EUA, e não na África do Sul."

O terceiro fator é o tino para saber quanto as empresas vão valer no futuro. De forma prática, as vendas da Tesla não chegam a 20% das da Toyota (maior montadora do mundo), mas as suas ações valem mais do que as das montadoras Volkswagen e Honda somadas, porque os carros elétricos podem ser dominantes.