PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Bilionários

Elon Musk é o mais rico do mundo, com R$ 1 trilhão; veja lista da Forbes

O bilionário Elon Musk, fundador da SpaceX e da Tesla - Britta Pedersen/Pool/AFP
O bilionário Elon Musk, fundador da SpaceX e da Tesla Imagem: Britta Pedersen/Pool/AFP

Do UOL, em São Paulo

05/04/2022 13h41Atualizada em 05/04/2022 22h26

O empresário Elon Musk, da Tesla e da Space X, é a pessoa mais rica do mundo em 2022, com uma fortuna estimada em US$ 219 bilhões (R$ 1,021 trilhão), de acordo com ranking da revista norte-americana Forbes divulgado nesta terça-feira (5). É a primeira vez que ele aparece em primeiro lugar. Musk ganhou US$ 68 bilhões em um ano, após salto de 33% nas ações da Tesla.

Ele deixou em segundo lugar Jeff Bezos, com US$ 171 bilhões (R$ 797,25 bilhões), líder da lista por quatro anos. O fundador da Amazon perdeu o posto com a queda nas ações da Amazon e suas doações para caridade, que tiraram US$ 6 bilhões da sua fortuna.

Bezos é seguido por Bernard Arnault, do grupo de moda de luxo LVMH (Louis Vuitton Moët Hennessy), com US$ 158 bilhões (R$ 736,64 bilhões). O francês ganhou US$ 8 bilhões em um ano.

Veja abaixo a lista das dez pessoas mais ricas do planeta:

  • 1º Elon Musk (Tesla e Space X): US$ 219 bilhões
  • 2º Jeff Bezos (Amazon): US$ 171 bilhões
  • 3º Bernard Arnault (Louis Vuitton): US$ 158 bilhões
  • 4º Bill Gates (Microsoft): US$ 129 bilhões
  • 5º Warren Buffett (Berkshire Hathaway, de investimentos): US$ 118 bilhões
  • 6º Larry Page (Google): US$ 111 bilhões
  • 7º Sergey Brin (Google): US$ 107 bilhões
  • 8º Larry Ellison (Oracle): US$ 106 bilhões
  • 9º Steve Ballmer (Microsoft): US$ 91,4 bilhões
  • 10º Mukesh Ambani (Reliance Industries): US$ 90,7 bilhões

2.668 bilionários do mundo têm US$ 12,7 trilhões

O mundo tem 2.668 bilionários, que juntos têm US$ 12,7 trilhões. São 87 pessoas a menos que no ano passado, quando 2.755 bilionários tinham US$ 13,1 trilhões.

No total, 329 pessoas que estavam no ranking do ano passado não estão mais em 2022, maior queda desde 2009, após a crise financeira mundial.

Com guerra, 34 russos deixam de ser bilionários

Os Estados Unidos são o país com mais bilionários na lista (735), segundo a Forbes. A fortuna deles soma US$ 4,7 trilhões (R$ 21,91 trilhões) neste ano.

A China (incluindo Macau e Hong Kong) vem em segundo lugar, com 607 bilionários, cuja fortuna totaliza US$ 2,3 trilhões (R$ 10,72 trilhões).

Depois vem a Índia (166), a Alemanha (134) e a Rússia (83).

Com a invasão da Ucrânia e as sanções do Ocidente à Rússia, o país perdeu 34 bilionários entre 2021 e 2022. Os 83 nomes que permanecem viram sua fortuna cair ou estagnar em um ano.

No total, esses russos têm US$ 320 bilhões, uma queda de 45% em relação aos US$ 584 do ano passado.

Rihanna estreia na lista

Mas 236 nomes estrearam na lista, incluindo a cantora Rihanna (US$ 1,7 bilhão) e o cineasta Peter Jackson (US$ 1,5 bilhão).

Barbados, um pequeno país caribenho, aparece no ranking pela primeira vez graças a Rihanna, que é de lá. Também são novos a Bulgária, a Estônia e o Uruguai.

Para chegar aos números, a Forbes considera cotações de ações apuradas em 11 de março deste ano.

Bilionários