PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Auxílio Brasil: Após filas, governo prorroga prazo para atualizar cadastro

11.jul.2022 - Pessoas enfrentam filas para atualizar dados no Cadastro Único, na praça Raimundo da Paz, em Bangu, zona oeste do Rio - Mariana Moreira/Folhapress
11.jul.2022 - Pessoas enfrentam filas para atualizar dados no Cadastro Único, na praça Raimundo da Paz, em Bangu, zona oeste do Rio Imagem: Mariana Moreira/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

14/07/2022 10h50Atualizada em 14/07/2022 11h12

O governo federal prorrogou o prazo para os cidadãos atualizarem os dados do Cadastro Único, após várias cidades registrarem longas filas nos postos de atendimento, além de problemas técnicos. A atualização é necessária para o recebimento de benefícios sociais como o Auxílio Brasil, ex-Bolsa Família, e os beneficiários corriam o risco de perder o dinheiro.

Ontem, o UOL visitou um posto em Salvador e observou filas que davam a volta no quarteirão. Muita gente saía de lá sem conseguir resolver o problema. Desempregada, uma mulher que não tem nem celular não conseguiu atendimento e saiu do posto só com um QR code, que ela não tem como usar.

Com a prorrogação, as novas datas foram publicadas hoje no Diário Oficial da União. Veja os novos prazos:

  • As famílias que atualizaram o Cadastro Único pela última vez em 2016 ou 2017 e teriam que atualizar até amanhã (15) para manter os benefícios poderão fazer isso até o fim deste mês, no dia 31;
  • Já quem está com algum problema no cadastro que deveria ser corrigido até o dia 31 deste mês, o prazo foi prorrogado até o dia 31 de dezembro deste ano;
  • Para as famílias que estão há mais de dois anos sem revisar os dados, o prazo para continuar recebendo o Auxílio Brasil foi adiado de julho para outubro deste ano.
  • Já para continuar recebendo a Tarifa Social de Energia Elétrica, a data-limite foi de novembro para dezembro deste ano.

Como saber se preciso atualizar os dados?

Para saber se faz parte de algum dos dois grupos, os beneficiários podem verificar seu cadastro pelo aplicativo Cadastro Único ou na versão web no endereço cadunico.cidadania.gov.br. Nessa página, também é possível encontrar o endereço dos postos de atendimento. É necessário estar logado no Gov.BR.

Além disso, as famílias beneficiárias do Auxílio Brasil receberão mensagens de aviso no extrato de pagamento do benefício e pelo aplicativo do programa. Já os beneficiários da tarifa social podem receber comunicados por mensagem na conta de energia elétrica.

Segundo as normas do Ministério da Cidadania, as famílias inscritas no CadÚnico devem atualizar as informações a cada dois anos, ou sempre que houver alguma alteração, seja na composição familiar, no endereço ou na situação de trabalho e renda de seus membros.

Programas sociais como o Auxílio Brasil, a tarifa social, o BPC (Benefício de Prestação Continuada) e a ID Jovem exigem que o cadastro esteja atualizado para que as famílias possam receber os benefícios.

Devido aos impactos da pandemia de covid-19, o Ministério da Cidadania escalonou o processo de revisão cadastral.