IPCA
0,83 Mai.2024
Topo

Jean Paul Prates vai comandar a Petrobras

Do UOL, em Brasília

30/12/2022 14h17Atualizada em 30/12/2022 18h54

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva anunciou nesta sexta-feira o senador Jean Paul Prates (PT-RN) para a presidência da Petrobras.

Atuação na área de óleo e gás

  • Prates defende uma mudança na composição dos preços da Petrobras e o fortalecimento da empresa em investimento público
  • Ele atua no mercado de óleo e gás desde a década de 1980, quando participou da assessoria jurídica da Petrobras Internacional (Braspetro)
  • Saiba quem é Jean Paul Prates

Senador já era cotado

  • O nome de Prates já era cotado para assumir a estatal
  • Durante a campanha, ele se tornou o principal interlocutor de Lula na área de energia com o empresariado
  • Logo após a eleição, Prates viajou com Lula para a COP-27, a Conferência da ONU sobre o clima, no Egito, o que foi entendido como uma sinalização de que de fato ocuparia o cargo
  • Ele coordenou o grupo de trabalho de minas e energia na equipe de transição de Lula

Trânsito no Congresso

  • Há quatro anos o novo presidente da Petrobras transita no Congresso
  • Prates foi eleito suplente na chapa de Fátima Bezerra (PT-RN) ao Senado em 2014
  • Em 2018, Bezerra concorreu ao governo, venceu, deixou o Senador e ele assumiu sua cadeira

Mudanças na Petrobras

Em conversa com jornalistas hoje, Prates falou sobre mudanças na política de preços da Petrobras:

  • "Mas não necessariamente para traumatizar investidor nem o mercado. Vai ser alterada porque a política do país vai ser alterada";
  • "A Petrobras faz política de preços para os clientes dela, ela é uma empresa";
  • "A mudança vai ser dada por consórcio do governo: ministério da Fazenda, Minas e Energia, Petrobras, Conselho Natural de Política Energética".