IPCA
0,83 Abr.2024
Topo

Lula diz que Dilma deve assumir banco dos Brics: 'Pessoa extraordinária'

Presidente Lula ao lado da ex-presidente Dilma Rousseff em evento na UERJ, no Rio de Janeiro - João Gabriel Alves/Enquadrar/Estadão Conteúdo
Presidente Lula ao lado da ex-presidente Dilma Rousseff em evento na UERJ, no Rio de Janeiro Imagem: João Gabriel Alves/Enquadrar/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

16/02/2023 12h55Atualizada em 16/02/2023 13h10

O presidente Lula (PT) afirmou hoje que, se depender dele, Dilma Rousseff será presidente do banco NBD (Novo Banco de Desenvolvimento), instituição dos Brics, grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. A declaração foi dada em entrevista à CNN Brasil.

De acordo com o jornal O Estado de S.Paulo, a indicação de Dilma para comandar o NBD já conta com a aprovação de todos os integrantes dos Brics.

Se depender de mim, ela vai ser [presidente do banco do Brics]. A Dilma é uma figura extraordinária. Se eu não tivesse sido presidente e, sim, ministro político da Dilma, não teria acontecido o que aconteceu. Acho que faltou um pouco de conversa, de paciência, mas ela é uma mulher extraordinária, digna de muito respeito, e o PT adora ela.
Lula fala sobre Dilma em entrevista à CNN

"Ela é muito competente tecnicamente. Se for presidente do Brics, será uma coisa maravilhosa para o Brics e para o Brasil."

Com sede em Xangai, o Brics financia obras para projetos de infraestrutura e desenvolvimento sustentável nos países que compõem o colegiado de economias emergentes.

Lula irá para Pequim na segunda quinzena de março e a expectativa é de que leve Dilma com ele na viagem.

O governo pediu que o diplomata Marcos Troyjo, atual presidente do NBD, renuncie ao comando da instituição. Indicado para o cargo pelo então presidente Jair Bolsonaro, Troyjo teria mandato até 2025 e já está no Brasil. O diplomata foi convidado para fazer parte da equipe do governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas.