IPCA
0,42 Mar.2024
Topo

Conta de água terá reajuste de 9,56% no estado de SP a partir de maio

Estação de tratamento de esgoto da Sabesp, em Barueri (SP) - Gabriela Cais Burdmann/UOL
Estação de tratamento de esgoto da Sabesp, em Barueri (SP) Imagem: Gabriela Cais Burdmann/UOL

Do UOL, em São Paulo

10/04/2023 14h01Atualizada em 10/04/2023 14h01

A conta de água em São Paulo sofrerá um reajuste de 9,56% a partir de 10 de maio. A porcentagem foi anunciada pela Sabesp e aprovada pela Arsesp (Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de São Paulo) na última sexta-feira (7).

O que compõe o reajuste?

Os principais fatores foram a Revisão Tarifária Extraordinária (RTE) e o reajuste de margem, que acompanha o IPCA, afirmou a Arsesp. A RTE teve um aumento de 4,09%, e a margem aprovada foi de 5,25%.

O aumento vale para estabelecimentos residenciais, comerciais, industriais e públicos —todos os atendidos pela Sabesp.

A Arsesp fez uma simulação de qual será o aumento financeiro considerando um consumo de 10 m³:

  • R$ 20,42 para R$ 22,38, na categoria residencial social
  • R$ 65,44 para R$ 71,70, na categoria residencial normal
  • R$ 131,40 para R$ 143,96, nas categorias comercial, industrial e pública