IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

'Rainha dos cruzeiros de luxo' construiu império bilionário sem herança

Rafaela Aponte-Diamant é uma magnata da navegação  - Reprodução Forbes/AGENCY PEOPLE IMAGE/SIPA/Newscom
Rafaela Aponte-Diamant é uma magnata da navegação Imagem: Reprodução Forbes/AGENCY PEOPLE IMAGE/SIPA/Newscom

Colaboração para o UOL

10/04/2023 04h00

Pela primeira vez em três anos, uma mulher que construiu sua própria fortuna — e não a herdou — ganhou um lugar entre as dez mais ricas do mundo, segundo a revista Forbes. Rafaela Aponte-Diamant é dona, ao lado do marido, da MSC, uma das maiores companhias marítimas do mundo, que faz transportes de mercadorias e também cruzeiros de luxo.

Quem é Rafaela

A suíça de 78 anos tem uma fortuna avaliada em US$ 31,2 bilhões. Isso equivale a R$ 158,6 bilhões.

Ela é a 6ª mulher mais rica do mundo e ocupa o 43º lugar no ranking global divulgado pela Forbes.

Antes, a Forbes listava o casal em conjunto. Neste ano, porém, cada um recebeu o seu lugar na lista após uma revisão de como seriam categorizadas as riquezas compartilhadas.

Rafaela e seu marido, Gianluigi Aponte, possuem, cada um, 50% da MSC, a maior companhia marítima privada do mundo.

Ela conheceu o marido em uma viagem à ilha italiana de Capri na década de 1960. Ele era capitão de um navio. Rafaela é filha de um banqueiro israelense.

Os dois entraram juntos na indústria em 1970, quando compraram um navio. Para isso, fizeram um empréstimo de US$ 200 mil.

Rafaela é responsável pela decoração dos navios da MSC. Gianluigi é o presidente-executivo da empresa; e o filho do casal, Diego, é o presidente da companhia. Na imprensa suíça, a família já ganhou o apelido de "rainha dos mares".

A bilionária teve um papel fundamental no crescimento da empresa. Mas ela não tem um cargo formal no império MSC. Segundo Dominique Denat, que emprestou dinheiro para a compra do primeiro navio em 1970, o papel de Rafaela é "decisivo" e ela "tem um caráter muito forte". A declaração foi feita ao jornal suíço Le Matin, em 2022.

Como a MSC começou

Três navios representam o início da MSC. A história do grupo começou em Bruxelas, na Bélgica, em 1970, com apenas um pequeno cargueiro: o MV Patricia. Em 1971, foi adquirido pela recém-aberta empresa um navio ainda maior, que ganhou o nome de Rafaela. O terceiro cargueiro veio em 1973 e foi batizado de Ilse.

A MSC anunciou sua entrada no negócio de viagens somente em 1988, com a compra do navio Monterey. Agora, a MSC Cruzeiros é a maior empresa privada de cruzeiros do mundo.

Sem herança

Apenas 96 mulheres bilionárias ergueram suas próprias fortunas, embora algumas como Rafaela tenham construído negócios em conjunto com maridos ou irmãos. As outras 241 mulheres na lista da Forbes herdaram pelo menos uma parte.

Rafaela Aponte-Diamant e Gianluigi Aponte dividem a propriedade da MSC. No entanto, apesar de a Forbes informar que o casal fundou a companhia junto, o site da MSC só traz o nome de Gianluigi como fundador.

*Com informações da Forbes