IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

PIS 2023: veja calendário completo de pagamentos do abono

Lula participa de cerimônia no Palácio do Planalto - Adriano Machado/Reuters
Lula participa de cerimônia no Palácio do Planalto Imagem: Adriano Machado/Reuters

Do UOL, em São Paulo

16/04/2023 07h09

A partir de amanhã (17), começa o pagamento do abono salarial PIS/Pasep para os trabalhadores sortudos que nasceram em maio ou junho, e para os servidores públicos que têm o número de inscrição no Pasep terminado em 2 ou 3.

Além disso, aqueles que fazem parte do terceiro lote extra, composto por pessoas que têm direito ao benefício, mas não receberam na data correta devido a alguma divergência nos dados, também receberão neste mês. Esse lote extra é para quem nasceu em janeiro, fevereiro, março ou abril.

O valor do benefício pode chegar a R$1.302, que é o mesmo valor do salário mínimo atual. A Caixa será responsável por pagar o PIS, para o setor privado, e o Banco do Brasil, para os servidores, irá pagar o Pasep. Serão pagas 4,1 milhões de parcelas em abril, totalizando R$4 bilhões, contando com os nascidos em maio e junho e os trabalhadores do lote extra.

Ao todo, cerca de 23 milhões de trabalhadores receberão o abono em 2023, e o calendário de pagamentos seguirá até julho. O dinheiro poderá ser sacado até o dia 28 de dezembro de 2023.

Para ter direito ao abono, é preciso ter recebido até dois salários mínimos mensais, em média, em 2021, e ter inscrição no PIS ou Pasep há pelo menos cinco anos. Além disso, é necessário que os dados do trabalhador estejam corretos na base do governo, informados pelo empregador. Para os trabalhadores do setor privado, é necessário ter trabalhado com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2021.

O valor do benefício é proporcional ao período trabalhado, sendo que cada mês trabalhado corresponde a R$108,50. Períodos iguais ou superiores a 15 dias contam como um mês inteiro.

Algumas categorias de trabalhadores não têm direito a receber o abono, como empregados e empregadas domésticas, trabalhadores rurais empregados por pessoa física, trabalhadores urbanos empregados por pessoa física e trabalhadores empregados por pessoa física equiparada à jurídica.

Para conferir o valor do abono, basta utilizar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital, que permite verificar o valor, dia do pagamento e banco. Os trabalhadores da iniciativa privada também podem consultar o abono no app Caixa Tem e obter mais informações ligando para o número 158.

O pagamento do PIS na Caixa será feito prioritariamente em conta corrente ou poupança. Já os demais trabalhadores receberão pelo Caixa Tem, que permite pagar contas, fazer transferências e comprar com o cartão de débito virtual. Além disso, o trabalhador pode sacar o abono em caixas eletrônicos e lotéricas com o Cartão Social.