IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Fazenda finaliza MP e apenas pessoas com deficiência vão vender raspadinha

"Raspadinha", como é conhecida a Lotex (Loteria Instantânea Exclusiva) - Divulgação
"Raspadinha", como é conhecida a Lotex (Loteria Instantânea Exclusiva) Imagem: Divulgação

Do UOL, em Brasília

29/04/2023 13h42

O Ministério da Fazenda vai reativar a Lotex, a Raspadinha, e prevê que apenas pessoas com deficiência venderão o produto. A decisão faz parte do medida provisória que vai regulamentar as apostas virtuais.

O que aconteceu?

Governo já planejava deixar a comercialização da Raspadinha exclusivamente com pessoas com deficiência. Ao longo das últimas semanas, no entanto, empresas ligadas a apostas virtuais pressionaram para evitar essa restrição de vendedores alegando que a arrecadação pode ser limitada se a venda ficar restrita.

A MP foi fechada nesta sexta (28) e definiu que a Lotex será vendida exclusivamente por esse grupo. A exclusividade tem o apoio de diferentes integrantes da cúpula do governo —inclusive do ministro Fernando Haddad— por defender uma causa social.

O texto prevê a abertura de uma licitação para empresas venderem a raspadinha. A vencedora pode, por exemplo, fazer convênio com uma entidade que atue com mão de obra de pessoas com deficiência.

A Fazenda prevê arrecadar cerca de R$ 3 bilhões ao ano com a Lotex. Enquanto a licitação não for concluída, a Caixa Econômica Federal poderá vender as raspadinhas.