Nova fase do Desenrola exige conta gov.br prata ou ouro; saiba como criar

O Desenrola Brasil vai começar em breve as renegociações da faixa 1, voltada para pessoas com renda de até dois salários mínimos (R$ 2.640) ou inscritas no CadÚnico que tenham dívidas de até R$ 5.000. Quem quiser participar do programa precisa ter uma conta gov.br prata ou ouro. Entenda as diferenças entre os níveis e veja como atualizar o seu.

O que é a conta gov.br

Lançado em 2019, o sistema gov.br reúne informações e serviços públicos da esfera federal. Lá, é possível consultar o CPF, acessar dados do SUS e obter certificado de vacinação. A conta também serve para resgatar o dinheiro esquecido em bancos a partir do SVR (Sistema de Valores a Receber), por exemplo.

A conta gov.br também funciona como identificação. Ela é gratuita e está disponível para todos os cidadãos brasileiros, que podem escolher entre três níveis de acesso: bronze, prata e ouro.

Para começar, acesse o endereço oficial neste link e faça o cadastro no sistema gov.br.

Bronze, prata e ouro

As categorias bronze, prata e ouro são diferentes no grau de segurança no processo de validação dos dados, nos tipos de serviços públicos digitais disponíveis e nas transações digitais que poderão ser realizadas por meio do sistema gov.br.

Para participar da faixa 1 do Desenrola, é preciso ter conta gov.br nível prata ou ouro. Veja abaixo como criar:

Bronze

Continua após a publicidade

Apenas o cadastro no gov.br já garante o nível bronze, classificado como o mais básico. Entre as funcionalidades disponíveis para esta categoria, estão:

  • fazer o login em qualquer serviço gov.br sem precisar de senha, por meio da biometria do celular;
  • gerenciar autorizações de uso dos seus dados em serviços do governo;
  • fazer o cadastro via atendimento presencial nas agências do INSS;
  • validar seus dados via atendimento presencial nos postos do Denatran;
  • realizar a prova de vida no INSS a partir do reconhecimento facial.

Prata

Já na conta gov.br prata, além dos recursos disponíveis no nível anterior, é possível:

  • visualizar e compartilhar dados e documentos digitais;
  • utilizar serviços gratuitos de assinatura eletrônica no site assinador.iti.br;
  • acessar serviços públicos que exigem o maior grau de confiabilidade da conta;
  • habilitar a autenticação em duas etapas, aumentando a segurança do acesso ao sistema;
  • fazer a validação facial pelo aplicativo gov.br para conferência da sua foto nas bases da CNH;
  • validar seus dados via internet banking de um banco credenciado.

Ouro

Continua após a publicidade

A versão mais premium conta com todas as funcionalidades mencionadas nos níveis bronze e prata, além do nível máximo de segurança. Com a conta ouro, o cidadão pode:

  • fazer a validação facial pelo aplicativo gov.br para conferência da sua foto nas bases da Justiça Eleitoral;
  • ter selo de certificado digital.

Como atualizar nível? Veja tutorial

Apenas os inscritos no sistema gov.br poderão participar das renegociações da faixa 1 do Desenrola. Aqueles que já são cadastrados, mas ainda não têm conta prata ou ouro precisarão atualizar seu nível. Veja o passo a passo:

1. Acesse o site oficial;

Imagem
Imagem: Reprodução

2. Faça login, inserindo CPF e senha;

Continua após a publicidade

3. Vá na opção "Privacidade", na lateral esquerda, e selecione "Gerenciar lista de selos de confiabilidade";

Imagem
Imagem: Divulgação

4. Depois, clique no botão azul "Autorizar" no final da página;

5. Na sequência, as informações serão processadas, e você será encaminhado para uma página que listará as confiabilidades que já tem, além de falar como pode conseguir as outras referentes aos níveis prata e ouro. A página pode demorar um pouco mais para carregar.

Imagem
Imagem: Divulgação

Confiabilidades para chegar ao nível prata:

Continua após a publicidade
  • Cadastro via Sigepe (base de dados de servidores públicos da União);
  • Cadastro via validação biométrica, validado por biometria facial (Denatran);
  • Cadastro via internet banking (Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Banco de Brasília, Caixa, Sicoob, Santander, Itaú, Agibank, Sicredi e Mercantil do Brasil).

Confiabilidades para chegar ao nível ouro:

  • Cadastro via validação biométrica no balcão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral);
  • Cadastro via certificado digital - validação e autenticação compatível com as especificações da ICP-BRASIL (Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira).

Atualização via internet banking

1. Selecione o Banco em "Cadastro via Internet Banking";

Imagem
Imagem: Reprodução

2. Clique em "Ir para o (...)";

Continua após a publicidade
Gov.BR: Internet Banking
Gov.BR: Internet Banking Imagem: Divulgação

3. Na sequência, insira a agência e a conta corrente com dígito. Selecione "Continuar".

Imagem
Imagem: Reprodução

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes