Conteúdo publicado há 2 meses
OpiniãoEconomia

Josias: Ruína da gestão Dilma foi economia; ex-presidente não merece prêmio

Causa estranheza a escolha de Dilma Rousseff como "Mulher Economista de 2023" pelas dificuldades que enfrentou na área econômica quando estava à frente da Presidência da República, afirmou o colunista Josias de Souza no UOL News desta terça (12).

Esse prêmio, evidentemente, a Dilma não merece. O governo dela foi ruinoso, e a ruína se deve especialmente ao desempenho na área econômica. Quando a Dilma deixou o governo, o PIB estava encolhendo 3,5%, a inflação rodando na casa dos 10% e os juros em 14%, as contas no vermelho. Isso na porta de saída, afora os erros cometidos antes. O próprio PT faz autocrítica em relação ao desempenho dela. Josias de Souza, colunista do UOL

Josias questionou a escolha de Dilma, feita pelo sistema Confecon/Comrecons, que reúne o Conselho Federal de Economia e conselhos regionais da categoria. Para o colunista, além dos erros cometidos na área econômica durante sua gestão, a ex-presidente também não realizou algo notável á frente do Banco dos Brics, sua atual função.

Ela cometeu muitos erros e, no caso dela, foram mais graves. Como é economista, Dilma se comportou nos períodos dos governos dela como a própria ministra da Fazenda. Foi um desacerto completo na área econômica. Obviamente, pode-se reconhecer todas as virtudes que se desejar na personalidade da Dilma. Agora, apontá-la como 'economista do ano'... Não há mérito para isso.

Não fosse o fato de o presidente da República ser o Lula, que desejava compensá-la pelo impeachment, ele a acomodou neste cargo [de presidente do Banco dos Brics]. Fosse qualquer outro presidente, isso não teria acontecido. Méritos econômicos, francamente, a Dilma não tem. Não teve como presidente e nem agora. Josias de Souza, colunista do UOL

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Veja a íntegra do programa:

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Continua após a publicidade

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes