30 inscrições por segundo: 'Enem dos Concursos' passa de 100 mil candidatos

O Concurso Nacional Unificado, também chamado de "Enem dos Concursos", já ultrapassou a marca de 100 mil inscritos, segundo o governo federal. São enviadas, em média, de 20 a 30 inscrições por segundo.

O que aconteceu

Inscrições começaram hoje, e demanda gerou instabilidade no sistema. A ministra da Gestão, Esther Dweck, confirmou que o sistema de inscrições ficou sobrecarregado e instável pela manhã, mas reforçou que o problema foi resolvido. "Se a gente estava ansioso para a abertura, imagina os candidatos", disse Dweck em entrevista à GloboNews.

'Enem dos Concursos' agora tem de 20 a 30 inscrições por segundo. Pela manhã, essa média chegou a 95 inscrições por segundo, de acordo com a ministra. "O sistema, naquele momento, teve uma instabilidade. Demorou um pouquinho, mas a gente conseguiu estabilizar", completou.

Governo alcançou a meta de 100 mil candidatos, e número continua subindo. Dweck prevê que amanhã (20) "a gente vai chegar a um número bem alto". Para a ministra, a demanda comprova a "ansiedade" das pessoas e o "sucesso" do Concurso Nacional Unificado. "As pessoas realmente estão engajadas", disse. O período de inscrições vai até 9 de fevereiro.

Só para vocês terem uma ideia, agora a gente está na média de 20 a 30 inscrições por segundo. Naquela parte da manhã foram 95 inscrições por segundo (...). A gente acabou de alcançar a meta de 100 mil inscritos e já está subindo. (...) A gente vê, nas redes sociais, todo mundo querendo se inscrever.
Esther Dweck, ministra da Gestão, à GloboNews

Sobre o 'Enem dos Concursos'

Inscrições devem ser realizadas exclusivamente pelo aplicativo Gov.br. Ao se inscrever, os candidatos receberão uma Guia de Recolhimento da União (GRU) para o pagamento da taxa de inscrição.

Valor da inscrição é de R$ 60 (ensino médio) e R$ 90 (ensino superior). Têm direito à isenção os participantes inscritos no CadÚnico, doadores de medula óssea e bolsistas do Prouni ou Fies, regressos ou ingressos.

Continua após a publicidade

Provas serão feitas no dia 5 de maio em 220 cidades. Pela manhã, os candidatos de nível superior vão responder 20 questões objetivas de conhecimentos gerais e uma prova discursiva de conhecimentos específicos. No nível médio, a prova será de 20 questões objetivas e uma redação. Já na parte da tarde, haverá mais uma prova de 50 questões objetivas para o nível superior e de 40 para o nível médio.

Divulgação do resultado final será feita em 30 de julho. Os aprovados serão convocados para posse em 5 de agosto.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes