Bolsas

Câmbio

Ações chinesas sobem mais de 2% com novo regulador e estímulos

XANGAI/HONG KONG (Reuters) - As ações chinesas subiram mais de 2% nesta segunda-feira (22) e atingiram máxima de quatro semanas, lideradas pelos setores imobiliário e de matérias-primas.

Os investidores comemoraram a decisão de Pequim de substituir o chefe do principal regulador de valores mobiliários e sinalizar que o governo está aumentando seus esforços de estímulos econômicos.

Os ganhos foram generalizados, com o índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançando 2,2%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 2,37%.

Os mercados subiram também no restante da Ásia, ampliando os ganhos da semana passada. 

O índice Nikkei do Japão recuperou as perdas de mais cedo e terminou com alta de 0,9%, estimulado pelo recuo do iene.

  • Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 0,9%, a 16.111 pontos.
  • Em Hong Kong, o índice Hang Seng subiu 0,93%, a 19.464 pontos.
  • Em Xangai, o índice SSEC ganhou 2,37%, a 2.927 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 2,2%, a 3.118 pontos.
  • Em Seul, o índice Kospi teve valorização de 0,01 %, a 1.916 pontos.
  • Em Taiwan, o índice Taiex registrou alta de 0,02%o, a 8.326 pontos.
  • Em Cingapura, o índice Straits Times valorizou-se 0,14%, a 2.660 pontos.
  • Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 avançou 0,98%, a 5.001 pontos.

(Reportagem de Saikat Chatterjee em Hong Kong e Samuel Shen e Pete Sweeney em Xangai)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos