Bolsas

Câmbio

Brasil tem superavit comercial recorde no 1º semestre, a US$ 23,635 bi

César Raizer e Patrícia Duarte

A balança comercial brasileira fechou o primeiro semestre com superavit recorde de US$ 23,635 bilhões, após saldo positivo de US$ 3,974 bilhões em junho, melhora que veio principalmente do mergulho das importações diante da recessão econômica.

O resultado do acumulado do ano é o melhor para o período da série histórica iniciada em 1989 pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

O saldo do mês, divulgado nesta sexta-feira (1º), veio em linha com a expectativa de superavit de US$ 4 bilhões em pesquisa Reuters com especialistas.

No mês passado, as importações somaram US$ 12,770 bilhões, com queda de 19,3% sobre um ano antes pela média diária. No primeiro semestre, elas ficaram em US$ 66,602 bilhões, despencando quase 30% sobre o mesmo período de 2015 pela média diária em meio ao quadro de recessão pela qual passa o país.

Enquanto isso, as exportações somaram US$ 16,743 bilhões em junho, atingindo em seis meses US$ 90,237 bilhões, queda de 5,9% sobre o período de janeiro a junho de 2015, também pela média diária.

Na semana passada, o Banco Central melhorou sua projeção para a balança comercial no ano, passando a prever superávit de US$ 50 bilhões, contra US$ 40 bilhões antes.

O MDIC manteve a estimativa de um superávit comercial de entre 45 bilhões a 50 bilhões de dólares para 2016.

Receba notícias do UOL Economia pelo WhatsApp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? Primeiro, adicione este número à agenda do seu telefone: +55 (11) 96492-6379 (não esqueça do "+55"). Depois, envie uma mensagem para este número por WhatsApp, escrevendo só: grana10.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos